As mulheres vão poder ser bispo na Igreja Anglicana

As mulheres vão poder ser bispo na Igreja Anglicana

Atualizado: Terça-feira, 13 Julho de 2010 as 9:40

A Igreja Anglicana de Inglaterra vai passar a ter mulheres como bispo. A decisão foi tomada ontem e dividiu a Igreja, com a ala conservadora a ameaçar mudar-se para a Igreja Católica. Segundo os analistas, o arcebispo da Cantuária, Rowan Williams, saiu do Sínodo Geral (reunião de eclesiásticos para decidir quanto a assuntos da igreja) com a sua posição enfraquecida.

O arcebispo da Cantuária, uma figura de referência dos Anglicanos, tinha proposto que as paróquias pudessem decidir se queriam ter uma mulher bispo. Abrir-se-ia assim uma exceção para todas aquelas que se mostrassem contra. No entanto, a sua proposta foi rejeitada pela maioria da Igreja.

A juntar a esta, Williams propunha também a divisão das tarefas e responsabilidades por bispos do sexo masculino e do sexo feminino. No entanto, a ideia foi igualmente recusada. O arcebispo da Cantuária considera que, ver as suas moções rejeitadas, em nada afeta a sua autoridade. Contudo, os observadores consideram que agora a tarefa que lhe compete - manter unidos os membros da Igreja -, será mais difícil.

Membros da ala conservadora, que não concordam com esta medida, já ameaçaram mudar-se para a Igreja Católica. Esta possibilidade foi aberta por Bento XVI, em Novembro de 2009, com a Constituição Apostólica, em que permite que os anglicanos se integrem na Igreja Católica.

Recorde-se que, desde 1994, as mulheres podem ser ordenadas na Igreja Anglicana. Tendo sido já ordenadas mais de 5 mil desde essa altura. E, na Igreja Episcopal escocesa, desde 2003 que se permite a ordenação de bispos do sexo feminino. No entanto, até hoje, isso nunca aconteceu.

veja também