Assaltantes rendem família disfarçados de pastores

Assaltantes rendem família disfarçados de pastores

Atualizado: Quinta-feira, 18 Março de 2010 as 12

No title Depois do inusitado disfarce de mendigo de dois assaltantes, no último mês de janeiro, no roubo das armas e de um colete de três policiais do programa Ronda do Quarteirão, na Barra do Ceará, os criminosos mostraram ontem que a criatividade nas ações pode não ter limites. Dois homens, aparentemente acima de qualquer suspeita, renderam uma família de classe média, no bairro Itaoca, no momento que se preparavam para pregar a "Bíblia".

Ao invés de salvação, rendição. No lugar da paz, armas apontadas para a cabeça e ameaças de morte, de acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado no 25º Distrito Policial, no bairro Montese.

Conforme a Polícia, os falsos pastores adentraram na residência duplex, na rua Dom Carloto Távora, vestidos com paletós e com bíblias nas mãos, por volta das 7 horas de ontem. A dupla chegou em uma moto e disse para os integrantes da família - evangélica - que faria uma pregação.

Ao serem convidados a entrar na residência, o assalto foi anunciado antes das primeiras palavras do Livro Sagrado. Segundo o relato da família na delegacia, os assaltantes trancaram as vítimas em um banheiro e passaram a revirar tudo que encontraram pela frente. De acordo ainda com a família, eles fugiram com joias e dinheiro. Até o início da noite, ninguém havia sido preso ou identificado.

Outros casos

Para a Polícia, o disfarce de pastor é apenas mais um em meio aos inúmeros já catalogados em ocorrências de assaltos. O disfarce mais comum, de acordo com a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) é o da própria Polícia. Em janeiro último, integrantes de uma quadrilhavestidos com fardamento da PM assaltaram agências bancárias no município de Pedra Branca.

O disfarce também foi usado em ação de roubo de cargas (novembro do ano passado), em Itapajé, e em um ataque a carro-forte (junho de 2008), no Conjunto Ceará. No último assalto, os criminosos também usaram fardamento de uma empresa de segurança.

Uniformes da Polícia Federal também foram usados por assaltantes, em fevereiro de 2009, no assalto a uma agência bancária no município de Icó, a 375 quilômetros de Fortaleza.

veja também