Atleta cristão doa refeições a crianças de escolas fechadas devido ao coronavírus, nos EUA

Stephen Curry está promovendo uma campanha para garantir que 18.000 crianças não fiquem sem alimentação diária, que era dada pelas escolas.

fonte: Guiame, com informações do Christian Head Lines

Atualizado: Quarta-feira, 18 Março de 2020 as 11:45

Stephen Curry é destaque no time dos Golden State Warriors, em San Francisco, EUA. (Foto: SportNews.eu)
Stephen Curry é destaque no time dos Golden State Warriors, em San Francisco, EUA. (Foto: SportNews.eu)

O astro da NBA, Stephen Curry, e sua esposa estão se unindo a um banco local de alimentos para fornecer 1 milhão de refeições gratuitas a crianças que são estudantes e não estão mais indo às aulas, devido à pandemia do coronavírus.

Stephen e sua esposa, Ayesha Curry, disseram em um vídeo publicado nas redes sociais que eles se sentiram tocados a ajudar quando descobriram quantos alunos dependiam das refeições fornecidas pelo Distrito Escolar Unificado de Oakland, que está fechado até pelos menos o dia 5 de abril, em razão da pandemia.

Curry joga na posição de armador dos Golden State Warriors, em San Francisco.

Ele e sua esposa uma contribuição através de sua fundação “Coma, Aprenda, Toque” ao Banco de Alimentos da Comunidade do Condado de Alameda para ajudar a “fornecer mais de 1 milhão de refeições para garantir que “nenhum estudante da região se preocupe com relação à suas próximas refeições, enquanto as escolas estão fechadas”, de acordo com o site do banco de alimentos.

"O mundo está mudando diante de nossos olhos em termos de lidar com a disseminação do coronavírus e ... o Distrito Escolar Unificado de Oakland está fechando suas portas pelos próximos dias", disse Stephen no vídeo. "Então, queremos interceder em nome dos estudantes que confiam em seus serviços diários [das escolas] e tentar ajudar da maneira que pudermos".

Curry é conhecido por sempre aproveitar as oportunidades de proclamar sua fé cristã publicamente. Sua biografia no Twitter o descreve como um "Crente" e faz referência a "Filipenses 4:13".

Cerca de 18.000 crianças dependem do distrito escolar para ter duas refeições por dia, disse Ayesha Curry.

“Queremos ter certeza de nos reunirmos com todos e garantir que essas crianças não estejam se perguntando de onde virá a próxima refeição. ... E então estamos pedindo para você se reunir conosco ", disse ela.

Stephen Curry acrescentou: "Espero que você possa se juntar a nós nessa luta e nos apoie, à medida que atravessamos esse período incerto de nossa comunidade".

Enquanto isso, Curry e outros jogadores dos Warriors se comprometeram a doar US $ 1 milhão de dólares para um fundo de auxílio a desastres para funcionários do estádio Chase Center, afetados pelo coronavírus e pela temporada suspensa da NBA. O Chase Center emprega mais de 1.000 funcionários em meio período.

veja também