Ator cristão é criticado nas redes sociais após oferecer orações por colega

Chris Pratt recebeu diversas críticas após dizer que estava orando por um cineasta que havia sofrido um ataque cardíaco.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Quarta-feira, 28 Fevereiro de 2018 as 9:12

Chris Pratt atuou no filme "O Mundo dos Dinossauros". (Foto: itpro.co.uk)
Chris Pratt atuou no filme "O Mundo dos Dinossauros". (Foto: itpro.co.uk)

A guerra contra a oração que se acendeu depois que os políticos começaram a pedir orações em vez de ódio, depois do tiroteio em uma escola da Flórida agora chegou a Hollywood.

O ator Chris Pratt está recebendo muitas críticas nas redes sociais após oferecer orações a um colega de Hollywood, o diretor Kevin Smith, que sofreu um ataque cardíaco no último domingo (25).

Pratt, que é cristão, fez um post em seu perfil oficial do Twitter quando ele soube da situação de Smith, depois que o diretor publicou que ele "poderia ter morrido" de um ataque cardíaco, se ele não tivesse ido ao hospital.

"Após o primeiro programa desta noite, tive um ataque cardíaco. O médico que salvou minha vida me disse que eu tinha um bloqueio de 100% da minha artéria. Se eu não tivesse cancelado o segundo programa para para ir ao hospital, eu teria morrido hoje à noite. Mas, por enquanto, ainda estou acima do lado de cima do solo!", disse Smith

Conhecido por seu papel em filmes, como "Guardiões da Galáxia" e "O Mundo dos Dinossauros", Pratt respondeu rapidamente ao post de seu amigo.

"Estou orando por você e vou continuar a fazê-lo", publicou o ator.

Em outro tweet, Pratt pediu a seus seguidores para se juntarem a ele, dizendo: "Eu acredito no poder de cura que a oração tem. Vocês podem orar comigo, pessoal?".

Em vez de apoio à sua atitude de orar pelo colega, o que ele mais recebeu foram críticas.

Um usuário do Twitter escreveu: "Isso é legal e tudo mais... mas médicos e enfermeiras é que salvam vidas e não orações".

Outro internauta disparou: "Se você quer ajudar, então, na verdade, ajude. Orar é apenas uma maneira de fingir que ajuda, enquanto você não precisa sair do seu conforto".

Posteriormente, o amigo de Pratt e diretor do filme "Guardiões da the Galáxia", James Gunn, defendeu o ator.

"Então, eu acabei de ler o tweet de Chris Pratt para Kevin Smith dizendo que ele oraria pelo amigo e cometi o erro de ler os comentários, muitos dos quais atacam Chris por ter dito que ele oraria. Eu acho que as pessoas não entendem a motivação dos 'pensamentos e orações' e acabam reagindo assim", escreveu Gunn.

Ele continuou escrevendo oito tweets diferentes defendendo as ações de Pratt. Um deles dizia: "Ninguém espera que Chris Pratt tire os médicos do caminho e realize por conta própria a cirurgia cardíaca em Kevin Smith. Kevin também não precisa de Chris para pagar suas contas médicas. Então eu acho que as orações de Pratt são apreciadas, como sendo o que ele pode fazer no momento".

veja também