Aumento de salário: Veja como "bancada evangélica" se comportou na votação

Aumento de salário: Veja como "bancada evangélica" se comportou na votação

Atualizado: Terça-feira, 21 Dezembro de 2010 as 8:39

Nesta quarta-feira (15/dez/10), o Congresso aprovou aumento de 61,7% nos salários de parlamentares, presidente, vice e ministros de Estado. A partir de 1º de fevereiro de 2011, eles receberão R$ 26,7 mil por mês, como os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

Abaixo está a lista dos deputados que compõem a chamada ‘bancada evangélica’ e como votaram:

Votaram CONTRA o aumento, os seguintes deputados:

-Henrique Afonso (PV/AC)

-Takayama (PSC/PR)

Votaram A FAVOR do aumento, os seguintes deputados:

-Antonio Bulhões (PRB/SP)

-Antonio Carlos Chamariz (PTB/AL)

-Antonio Cruz (PP/MS)

-Dr. Nechar (PP/SP)

-Eduardo Cunha (PMDB/RJ)

-Filipe Pereira (PSC/RJ)

-Flávio Bezerra (PRB/CE)

-Gilmar Machado (PT/MG)

-João Magalhães (PMDB/MG)

-Jurandy Loureiro (PSC/ES)

-Léo Vivas (PRB/RJ)

-Leonardo Quintão (PMDB/MG)

-Márcio Marinho (PRB/BA)

-Milton Vieira (DEM/SP)

-Paulo Roberto Pereira (PTB/RS)

-Roberto Alves (PTB/SP)

-Silas Câmara (PSC/AM)

-Vinicius Carvalho (PT do B/RJ)

-Walter Pinheiro (PT/BA)

Não se manifestaram ** os que ficaram em cima do muro

-Arolde de Oliveira (DEM/RJ)

-Bispo Gê Tenuta (DEM/SP)

-Carlos Willian (PTC/MG)

-Cleber Verde (PRB/MA)

-Eduardo Lopes (PRB/RJ)

-George Hilton (PRB/MG)

-Íris de Araújo (PMDB/GO)

-Jefferson Campos (PSB/SP)

-João Campos (PSDB/GO)

-Lincoln Portela (PR/MG)

-Marcos Antonio (PRB/PE)

-Mário de Oliveira (PSC/MG)

-Onyx Lorenzoni (DEM/RS)

-Pastor Manoel Ferreira (PR/RJ)

-Rodovalho (PP/DF)

-Zequinha Marinho (PSC/PA)  

veja também