A bênção de não ter

A bênção de não ter

Atualizado: Quinta-feira, 28 Novembro de 2013 as 4:33

pratoAprendi a estar contente
 
Filipenses 4
 
Tenho conversado com pessoas, que assim como nós, lá em casa, precisam fazer cortes no orçamento doméstico. É a dura tarefa da classe média em nosso país, que sofre com o arrocho da economia.
 
Conjunturas político-econômicas à parte, esses ajustes orçamentários são importantes. Algumas vezes é importante ter falta. Isso porque nós não estamos acostumados a valorizar naturalmente aquilo que temos.
 
A oração de gratidão pelo pão de cada dia ganha muito mais significado quando o pão de cada dia vem pra conta, dando só pro dia, exigindo de nós a fé de que amanhã ele voltará.
 
De fato são abençoadas as fases da vida em que precisamos racionar, em que não podemos esbanjar, porque elas têm o poder de nos devolver a sensibilidade perdida, de nos fazer valorizar o simples, além de nos aproximar mais daqueles que mesmo quando temos menos, têm menos do que nós, sendo atacados em sua dignidade, em um país de miseráveis, onde comer é luxo.
 
 
- Alexandre Robles
 

veja também