Bento XVI pede união de todas as Igrejas cristãs

Bento XVI pede união de todas as Igrejas cristãs

Atualizado: Segunda-feira, 25 Janeiro de 2010 as 12

O papa Bento XVI pediu neste domingo a unidade de todas as Igrejas cristãs, porque ''a comunhão dos cristãos torna mais crível e eficaz o anúncio do Evangelho'', antes de rezar o Ângelus dominical na Praça de São Pedro, diante de cerca de 50 mil fiéis.

Bento XVI anunciou que assistirá amanhã à cerimônia ecumênica presidindo as solenes vésperas na Basílica de São Paulo Extramuros, no encerramento da Semana de Oração para a União dos Cristãos, que coincide com a conversão de são Paulo.

''A Igreja é concebida como o corpo, do qual Cristo é a cabeça, e forma com Ele um uno'', acrescentou o papa, citando São Paulo: ''Todos fomos batizados mediante um só espírito em um só corpo, judeus ou gregos, escravos ou libertos, e todos saciamos nossa sede espiritual''.

Graças aos carismas, ''a Igreja se apresenta como um organismo rico e vital, não uniforme, fruto do único Espírito Santo que conduz todos a uma unidade profunda, assumindo as diferenças sem aboli-las e realizando uma união harmoniosa'', disse.

Portanto, é justo em Cristo e no espírito que a Igreja é una e santa, o que é uma íntima comunhão que supera a capacidade humana e a sustenta, afirmou o pontífice.

O papa lembrou a figura de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas e da imprensa católica, cuja memória litúrgica é celebrada hoje e a relacionou com a mensagem que enviou ontem aos sacerdotes para que divulgassem o evangelho pela internet.

veja também