Bíblia traduzida para a língua estrangeira caxemira

Bíblia traduzida para a língua estrangeira caxemira

Atualizado: Terça-feira, 11 Outubro de 2011 as 2:19

Fazer da palavra de Deus o motor da missão e renovar os esforços de diálogo e cooperação com a maioria muçulmana. Com esse espírito e com essas intenções, a pequena comunidade cristã da região da Caxemira pertencente à Índia acolheu a publicação e a apresentação oficial da Bíblia traduzida na língua caxemira, falada por três milhões e meio de pessoas no mundo.

O trabalho de tradução da Bíblia foi realizado pelo pedagogo, jornalista e escritor Joseph K. Predhuman Dhar. A Obra foi publica pela Sociedade Bíblica da Índia, de Bangalore.

Na região da Caxemira, já balançada pela histórica disputa territorial entre Paquistão e Índia, as autoridades locais e os líderes religiosos tentam promover um clima de serena convivência entre a maioria muçulmana e as minorias cristãs e hinduístas. O governo de Jammu e Caxemira contribuiu, em particular, com a reconstrução da escola cristã atacada e queimada, em 13 de setembro de 2010, na cidade de Phulwama.

Atualmente a região da Caxemira se divide em quatro áreas diferentes: os Territórios do Norte e a Caxemira Livre, pertencentes ao Paquistão, a região de Jammu e Caxemira pertencentes à Índia e a região de Aksai Chin sob ocupação chinesa.

Os conflitos pela região da Caxemira, ou a questão da Caxemira, se iniciaram no final da colonização britânica, em 1947 logo após a II Guerra, quando todo o subcontinente indiano que até então era dominado pela Inglaterra, foi dividido em dois países, a Índia e o Paquistão.

A divisão se deu através da união das regiões de maioria muçulmana constituindo o Paquistão e das regiões de maioria hindu constituindo a Índia.

Na Caxemira indiana vivem cerca de quatro milhões de muçulmanos e cinco mil cristãos.

veja também