Bispo da Igreja Universal é assassinado em Recife - PE

Bispo da Igreja Universal é assassinado em Recife - PE

Atualizado: Terça-feira, 26 Outubro de 2010 as 8:29

O bispo da Igreja Universal do Reino de Deus do Ipsep, Zona Sul do Recife, José Carlos de Santana, 48 anos, foi assassinado na manhã de ontem. O crime aconteceu na Estrada do Barbalho, na Iputinga, Zona Oeste, próximo ao Detran-PE. José Carlos estava no carro da igreja que fica à disposição do pastor Joel Nunes, 46, da unidade de Beberibe, um Gol preto de placa DAL-4990, quando foi atingido por um disparo fatal na região da nuca. O bispo pegou uma carona com Joel para ir ao Detran renovar sua carteira de motorista, mas, por conta do feriado do funcionalismo público, encontrou o órgão fechado. Era a terceira vez que ele tentava renovar a habilitação. Quando os dois saíram do Detran, foram atingidos por tiros, disparados, provavelmente, por dois homens numa moto. A Polícia trabalha com a hipótese de execução, já que nenhum dos objetos que estavam em poder da vítima foi roubado.

José Carlos ainda chegou a ser levado pelo colega para o Hospital Getúlio Vargas, mas já deu entrada sem vida na emergência. A delegadaVilaneida Aguiar, do plantão da 4ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse que os motivos do crime ainda não estão claros. Ela acredita que os dois disparos que atingiram o veículo - um em direção ao motorista, perto do retrovisor, e o outro no vidro traseiro, que acertou o bispo - tenham sido efetuados com intenção de matar. "As características são de execução e me parece que os dois eram alvos, porque um dos disparos foi perto do condutor", afirmou. A polícia deve ouvir pessoas próximas ao bispo para tentar descobrir se havia razões para vingança.

Outra hipótese trabalhada pela delegada é de o carro ter sido confundido com uma viatura policial por quadrilhas de tráfico de drogas da área. "Na semana passada, policiais apreenderam um arsenal que estava escondido numa ilhota em frente à comunidade do Detran. Estamos apurando se o homicídio teve relação com esse fato. Apesar de ter apenas duas portas, o carro que levava o bispo tem os vidros muito escuros e é preto", disse a delegada. Segundo Vilaneida Aguiar, testemunhas afirmaram ter visto um motoqueiro e um outro veículo de modelo e placas não anotadas rondando o Gol, que transportava o bispo. "Eles poderiam estar sendo seguidos e nem ter percebido", comentou. O Gol onde o bispo estava foi periciado no DHPP na tarde de ontem. O perito do Instituto de Criminalística Rogério Dantas encontrou um fragmento de projétil no lado direito do veículo. "Não dá para dizer qual é o calibre do projétil porque ele está muito partido", disse.

O pastor Joel Nunes passou mais de uma hora prestando depoimento, mas, segundo a polícia, suas declarações pouco vão ajudar a investigação. "Ele relatou apenas que escutou o estampido e depois percebeu que o bispo estava desmaiado e sangrando", contou a delegada Vilaneida Aguiar. As investigações serão repassadas hoje para a delegada Josineide Confessor. Segundo o advogado da Igreja Universal, Luiz Miguel dos Santos, o bispo José Carlos era carioca e estava no Recife há pouco mais de um ano. Ele atuou naigreja de São Lourenço da Mata e estava, há cerca de três meses, na igreja do Ipsep. Casado, o bispo deixou duas filhas. O corpo de José Carlos será sepultado hoje pela manhã no Cemitério Morada da Paz, em Paulista.

A igreja Universal do Ipsep estava de portas abertas na noite de ontem. Ninguém queria comentar o assunto. O Diario esteve no local para saber se o culto seria cancelado em decorrência da morte do bispo, mas foi convidado a se retirar da igreja.

veja também