Bispo Edir Macedo alerta fiéis sobre o cuidado com as palavras

Bispo Edir Macedo alerta fiéis sobre o cuidado com as palavras

Atualizado: Quinta-feira, 30 Junho de 2011 as 11:56

“Quantos casamentos são desfeitos por causa de uma palavra?”. Com esse questionamento, o bispo Edir Macedo realizou a Reunião do Encontro com Deus, no último domingo (26), no Cenáculo do Espírito Santo de Lisboa, Portugal, onde uma multidão aprendeu a ficar atenta às palavras proferidas.

O bispo alertou que os problemas tendem a aumentar, de acordo com o que se ouve ou com o que se fala. “A vida torna-se pior, dependendo da palavra que você confessa, pois a palavra tem espírito, tanto a confessada, como a escutada. Quantos são aqueles que dizem carregar uma maldição de uma palavra proferida pela própria mãe? Isso prova que a palavra tem espírito, poder. Jesus também foi tentado, mas não absorveu o espírito do que foi dito pelo diabo, mas respondeu usando a Palavra de Deus (Leia Lucas 4)”, enfatizou.

Além dessa explicação, o bispo também fez questão de ressaltar que é preciso ter cuidado para não usar a própria Escritura Sagrada de forma errada; atitude tomada pelo mal, durante a tentação de Jesus no deserto: “Você tem de filtrar a palavra. Analisá-la antes de deixar chegar ao seu coração. Se a palavra que alguém lhe disse trouxe dúvida, medo é porque não vem de Deus. No entanto, se ela lhe transmite segurança, certeza e fé, é porque vem de Deus. É assim que você irá filtrá-la e aplicá-la na sua vida.”

Antes de finalizar a mensagem, o orador deixou claro a todos que ninguém pode mudar ou revogar o que foi dito por Deus, pois cedo ou tarde as promessas feitas por Ele irão se cumprir. “Uma vez que você usa a fé sem emoção as circunstâncias vividas não importam. Pois, quando Jesus andou sobre as águas, Pedro teve fé e também andou. Mas, ao olhar para a força das ondas, ele começou a afundar. Podemos, então, comprovar que, quando deixamos de confiar em Deus, também corremos o risco de afundar. Existe dentro de nós uma força, um poder, algo ilimitado, mas nos autolimitamos quando confessamos nossas fraquezas, dores e sofrimentos. Dê atenção à Palavra de Deus, não ouça ninguém, fique na sua fé, pois aquilo que Jesus prometeu vai se cumprir, porque Ele não tem interesse que a Sua Palavra não se cumpra. Deus não tem prazer em ver os Seus filhos sofrendo”, concluiu.

veja também