Bispo Edir Macedo ensina como identificar a salvação da alma

Bispo Edir Macedo ensina como identificar a salvação da alma

Atualizado: Terça-feira, 26 Julho de 2011 as 5:28

Mais de 6 mil pessoas compareceram ao Cenáculo do Espírito Santo do bairro de Santo Amaro, zona sul de São Paulo, neste último domingo (24), para participar da Reunião do Encontro com Deus ministrada pelo bispo Edir Macedo, que explicou, dentre outras coisas, que o mal é o grande causador dos problemas e destruições que acontecem diariamente, em todo mundo, e não Deus, como muitos pensam.

Antes de abordar sobre o tema, logo no começo da concentração, o bispo chamou todos os casados à frente do altar e orientou: “A parte mais sensível do ser humano é o coração, quando chega ao ponto da pessoa sofrer na alma, ela se rende. E Jesus veio para salvar a alma, pois é ela que será salva por toda a eternidade ou perdida para sempre.”

Citando Gênesis capítulo 1. 1 e 2 que diz: “No princípio, criou Deus os céus e a Terra. A Terra, porém, era sem forma e vazia. E havia trevas sob a face do abismo”, ele explicou: “Entre o versículo 1 e o 2 houve uma catástrofe aqui, pois o principal anjo do céu se rebelou contra Deus e foi expulso de lá, sendo lançado na Terra.”

Ainda no mesmo livro, o bispo ressaltou que da mesma forma que, à época, o Espírito de Deus pairava sobre as águas, ainda hoje Ele continua procurando onde habitar. “O Espírito Santo não habita dentro de igrejas, em templos criados pelas mãos dos homens, mas Ele faz questão de viver dentro do ser humano. Por isso, é preciso que a pessoa se entregue a Ele. Porque Deus não entra na nossa vida sem a nossa permissão, pois Ele nos deu o livre arbítrio”

A respeito do motivo de existir tantos desastres e injustiças no mundo, ensinou: “O homem e a mulher (Adão e Eva) viviam harmoniosamente, não havia morte, os animais viviam pacificamente, havia paz, perfeição na face da Terra. Porém, quando o homem se rebelou e deixou de ouvir a voz de Deus para ouvir a voz do diabo, ele passou o domínio da Terra ao mal.”

Para finalizar a mensagem, o bispo fez questão de ressaltar que o inimigo das pessoas não é físico, mas espiritual, e para vencê-lo é preciso combatê-lo espiritualmente. “Quando nos rendemos a Deus, Ele nos faz nascer de novo, nos faz nova criatura. Uma vez a pessoa sendo gerada pelo Espírito Santo, ela se torna espírito. Se ela era viciada, desequilibrada, ela se torna capaz de ser diferente, espiritual, adquire a natureza divina”, finalizou, convidando a todos a buscar o revestimento que vem do alto: o Espírito Santo.

veja também