Bispo Edir Macedo ensina como ser um eleito de Deus

Bispo Edir Macedo ensina como ser um eleito de Deus

Atualizado: Sexta-feira, 21 Outubro de 2011 as 12:21

“Ao longo do nosso trabalho, aqueles que nos acompanham têm sido testemunhas de quantas pessoas já passaram pela Igreja Universal do Reino de Deus e foram curadas, libertas, alcançaram uma vida próspera, mas se perderam pelo meio do caminho”, disse o bispo Edir Macedo durante programa transmitido pela IURD TV nesta quinta-feira (20). Segundo ele, muitos que um dia experimentaram dos poderes miraculosos de Deus acabaram trocando as bênçãos por um prato de lentilha (leia Gênesis 25.34).

O bispo Edir Macedo ressaltou casos em que pouquíssimas pessoas se fizeram escolhidas. Segundo ele, de todos os servos de Abraão, apenas 318 eram especiais; dos quase 3 milhões de pessoas que saíram do Egito, apenas duas entraram na Terra Prometida, que foram Josué e Calebe; quando Gideão tocou a trombeta, 32 mil homens se apresentaram para a guerra, mas apenas 300 foram escolhidos; de todo o povo de Israel, Davi contava com 400 homens, mas a tropa de elite dele tinha apenas 32, e desse contingente, apenas três eram especiais; Jesus chamou os 12 apóstolos, porém, apenas 11 perseveraram; de todos os montes e montanhas do mundo, Deus escolheu apenas uns poucos, entre os quais o Monte Sinai.

  “Todos esses números nos fazem entender que somos privilegiados. Todas as conquistas que temos alcançado, na realidade, não são nada em comparação à escolha que nós fizemos. Porque Deus chama a todos, mas os escolhidos são apenas aqueles que fazem a vontade dEle, conforme disse Jesus: ‘Naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres?’ (leia Mateus 7.22). Escolhidos são aqueles que fazem a vontade de Deus”, afirmou.

De acordo com ele, muitas pessoas estão tão absorvidas com os problemas e buscando tomar posse das promessas divinas que se esquecem de algo mais glorioso: permanecer sendo um escolhido. “Para conquistar o Reino de Deus, há essas provas todas que temos de passar. São perseguições, difamações, injustiças e tribulações por conta da nossa fé. Quando assumimos nossa crença é que nos fazemos escolhidos; mas para chegar a ser um eleito de Deus, você precisa pagar o preço. Tem de sacrificar de verdade, não pode ser 90% nem 99%. É 100%”, ensina.

O bispo explica que não há nada neste mundo mais prazeroso do que a pessoa saber da sua própria situação diante de Deus e fazer parte do exército de Abraão, que resgata aqueles que estão sofrendo. “O Espírito Santo nos contempla com sabedoria e discernimento para que a gente possa ajudar os aflitos. Foi para isso que Ele nos chamou, e o Espírito de Deus sabe do que nós precisamos”, assegurou.    

veja também