Bispo Macedo realiza visita missionária ao Templo Maior de Portugal

Bispo Macedo realiza visita missionária ao Templo Maior de Portugal

Atualizado: Quinta-feira, 27 Janeiro de 2011 as 4:01

No ano passado, o bispo Edir Macedo passou grande parte do tempo no Brasil, realizando caminhadas missionárias por vários estados, em todas as regiões, de norte a sul. Neste ano, sua primeira visita missionária ao exterior aconteceu em Portugal, em uma reunião de domingo, no Templo Maior, situado em Chelas, Lisboa.

Na mensagem, o bispo levou milhares de pessoas a refletirem sobre o real motivo que elas devem ter para aproximarem-se de Jesus. “Todas as pessoas que se aproximavam, e ainda hoje se aproximam de Cristo, têm um interesse ao fazê-lo. Mas, quais são os seus verdadeiros interesses?”, indagou o bispo.

Curiosidade, obtenção de bênçãos e desejo de salvação foram alguns dos motivos apontados por ele para que o ser humano queira conhecer Jesus.

Sobre os que querem obter algum favor de Deus o bispo destacou: “Muitos só procuram Jesus para obter uma bênção, quando as coisas estão difíceis. São os que só desejam uma cura física, espiritual ou bênçãos materiais. E Jesus percebeu este interesse da parte de muitas pessoas que O seguiam”.

E confirmando o que explicava, ele citou o texto bíblico: “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: vós me procurais, não porque vistes sinais, mas porque comestes e vos fartastes”. (João 6.26)

Porém, o bispo concluiu lembrando que, aqueles que realmente têm o coração sincero, procuram conhecer Jesus, encontrando n'Ele a salvação das suas almas.

Após a reflexão, bispo Edir Macedo e o bispo Júlio Freitas, responsável pelo trabalho evangelístico em Portugal, pediram a Deus pela vida de cada pessoa presente na reunião e ministraram a benção sobre a vida de todos.

IURD em Portugal O trabalho evangelístico da Igreja Universal em Portugal teve início na Estrada da Luz, num pequeno espaço. Mas não demorou para que o lugar não suportasse a todos que queriam participar das reuniões e foi necessário abrir novos templos. Passado mais de 20 anos, a IURD em Portugal, hoje, conta com 119 templos.  

veja também