Bispo Renato Cardoso rebate questionamentos sobre propaganda de cerveja nos intervalos da minissérie "Rei Davi"

Universal justifica comercial de cerveja Rei Davi

Atualizado: Quarta-feira, 8 Fevereiro de 2012 as 1:06

O bispo Renato Cardoso, da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) usou a resposta de uma leitora de seu blog para rebater os questionamentos de outros internautas incomodados com a propaganda de cerveja que patrocina a minissérie Rei Davi, da Rede Record.
O genro de Edir Macedo fez questão de escolher um comentário que explica que a empresa de cerveja aceitou custear o programa e que a emissora, apesar de pertencer ao fundador da Iurd, não é um canal cristão.
Todos os episódios da minissérie estão sendo postados no blog de Renato Cardoso, que explica: “Se eu tivesse escolha, talvez não apareceria o comercial da cerveja ali. Mas postei mesmo assim porque nosso interesse não é nos primeiros 30 segundos do vídeo, mas nos 50 minutos depois”, explica ele.
Veja o comentário na íntegra postado no blog:


“Oi, Caio.
Sobre o seu comentário, você precisa saber que a concessão dada à Record é comercial, ou seja, ela não é uma emissora religiosa, assim como a minissérie não é cristã. Por isso, para toda a programação é necessário ter patrocinadores. Você deve ter ouvido falar que cada episódio custou cerca de R$ 1 milhão e alguém tem que pagar essa conta.
Pense: em vez de colocar milhões no Carnaval, os patrocinadores estão tendo que se curvar e colocar dinheiro em algo edificante como a minissérie Rei Davi. Antes, os grandes patrocinadores riam da Record, dizendo que jamais colocariam dinheiro nela. Já hoje… Não é o Golias caindo?” (Patrícia Lages)
“Sem muito mais a acrescentar, digo apenas que os vídeos dos capítulos de Rei Davi postados nesse blog são de propriedade da Rede Record e providenciados pelo site da empresa. Se eu tivesse escolha, talvez não apareceria o comercial da cerveja ali. Mas postei mesmo assim porque nosso interesse não é nos primeiros 30 segundos do vídeo, mas nos 50 minutos depois.
E Jesus continuou: “As pessoas deste mundo são muito mais espertas nos seus negócios do que as pessoas que pertencem à luz. Por isso eu digo a vocês: Usem as riquezas deste mundo para conseguir amigos” (Lucas 16.8,9).

veja também