Bispo Rodovalho tem mandato cassado por infidelidade partidária

Bispo Rodovalho tem mandato cassado por infidelidade partidária

Atualizado: Sexta-feira, 27 Agosto de 2010 as 8:08

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou, na noite desta quarta-feira (25/8), o mandato do deputado federal Bispo Rodovalho (PP-DF) por infidelidade partidária. O parlamentar foi eleito em 2006 pelo DEM, mas deixou a sigla no fim do ano passado para se filiar ao PP, sigla pela qual disputa a reeleição.

O mandato foi cassado devido a uma ação de autoria de seus dois suplentes. Um deles, Izalci Lucas, não pode assumir o cargo porque deixou o DEM para entrar no PR, cabendo ao segundo autor, Osório Adriano, ficar com a vaga. Um comunicado será enviado à Câmara dos Deputados para colocar a vaga do político em disponibilidade.

Como há possibilidade de recurso existe a chance de a cadeira não ser liberada por Rodovalho, já que o Congresso Nacional só coloca vaga em disponibilidade após todos os recursos serem esgotados. De qualquer forma, a vaga só poderia ser preenchida pelo novo ocupante até a posse da nova legislatura, no início do ano que vem.

veja também