Bispo Romualdo Panceiro fala sobre a necessidade de obedecer à Palavra

Bispo Romualdo Panceiro fala sobre a necessidade de obedecer à Palavra

Atualizado: Sexta-feira, 16 Setembro de 2011 as 12:09

O bispo Romualdo Panceiro ministrou, nesta terça-feira (13), uma reunião especial no Cenáculo do Espírito Santo em Santos, no litoral paulista. O bispo iniciou a reunião ministrando a cura e a libertação dos vícios e da opressão para uma multidão que estava em busca de milagres. Através dessa oração, muitas pessoas foram libertas. Prosseguindo com as orações de fé, o bispo clamou especialmente pela família, determinando que, a partir daquele momento, todos os que cressem teriam uma nova vida, e nada mais seria como antes. E, assim, abençoou todas as áreas da vida dos participantes. Em sua pregação, o Bispo Romualdo falou sobre a necessidade de ser filho de Deus. E fez o seguinte questionamento: “Somos todos filhos de Deus?” Em seguida, explicou que filho é aquele que ouve e obedece à Palavra de Deus. No decorrer da pregação, ele destacou também a importância de se ter o Espírito Santo, pois Ele é o poder de Deus dentro da pessoa. Nascida de Deus A corretora de seguros Ticiany Orsogna dos Santos (foto ao lado), 25 anos, participou da reunião ministrada pelo bispo Romualdo e, segundo a jovem, a mensagem de fé a fez refletir sobre seu passado. “Hoje me considero uma filha de Deus”, afirmou. Ticiany conta que vivia num lar destruído. “Quando eu tinha 11 anos, meus pais se separaram e eu me tornei uma pessoa agressiva. Passei a sentir ódio deles e, aos 12, tentei me matar cortando os pulsos e tomando vários remédios. As brigas em minha casa eram constantes. Em uma delas, cheguei a pegar uma faca e ameaçar meu irmão”, recorda-se. Por volta dos 13 anos, Ticiany já fazia uso de entorpecentes e tinha uma vida totalmente desregrada. “Passei a usar drogas e frequentar baladas; minha mãe não tinha mais nenhuma autoridade sobre mim. Quando ela tentava me proibir de fazer algo, eu fugia pela janela. Cheguei ao ponto de agredi-la fisicamente para poder sair de casa”, conta a jovem. “Eu vivia de aparência. Tinha um vazio profundo que nada preenchia; as drogas e o álcool não faziam mais efeito, me deixava mais depressiva e dependente. Perdi a razão de viver”, afirma. A mãe da jovem já estava na igreja orando por ela e a resposta de Deus veio: Ticiany passou a frequentar a IURD. “Trabalhava na mesma quadra em que ficava a igreja e passei a frequentar as reuniões depois do trabalho. Libertei-me de todos os problemas e, o primordial, recebi o Espírito Santo. Passei a ser uma nova mulher; nada neste mundo paga o que eu tenho dentro de mim. Todas as outras áreas da minha vida foram transformadas.” Segundo Ticiany, ela hoje é alegre e tem paz. “Não tenho mais aquela agonia em minha alma. Deus restaurou minha família e estão todos na presença de Deus. Sou casada, amo e sou amada; tenho meu próprio negócio, que tem crescido a cada dia. Agora vejo a Palavra se cumprir em minha vida, pois posso dizer que sou filha de Deus, não mais uma pessoa à mercê dos problemas deste mundo. Após a reunião, cheguei em casa com as minha forças e minha fé renovadas”, testemunha.  

veja também