Brasília celebra o Dia do Evangélico

Brasília celebra o Dia do Evangélico

Atualizado: Terça-feira, 30 Novembro de 2010 as 10:52

este ano, a comemoração do Dia do Evangélico será diferente. Não haverá a tradicional festa na Esplanada dos Ministérios. A decisão foi tomada por membros do Conselho de Pastores Evangélicos do Distrito Federal (Copev-DF). “Devido aos últimos acontecimentos em Brasília e à transição do governo, percebemos dificuldades em realizar o evento. Mas isso não quer dizer que ele não possa ser retomado no próximo ano”, esclareceu o coordenador do Conselho, pastor Chancerley de Melo. “Já mandamos correspondência avisando a todos. A proposta é abrir nossas igrejas à comunidade, para que as pessoas possam conhecer um pouco mais do trabalho desenvolvido dentro delas. Assim, todos poderão, também, participar de cultos, atividades culturais, como teatro, dança.”

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que Brasília abriga perto de 1,187 milhão de evangélicos distribuídos em 4,7 mil templos dos mais diversos ministérios. “Apesar das estimativas, acredito que já estejamos com quase 7 mil igrejas evangélicas em todo o DF, pois apenas na Região Administrativa de Samambaia o montante supera mil”, avaliou Melo. “Reunimos nas festas da Esplanada, a cada ano, mais de 100 mil pessoas. Como a comemoração vai ser perto da casa das pessoas, a expectativa é bem maior.” De acordo com o Conselho, 500 mil fiéis devem participar das comemorações de hoje, caso pelo menos metade dos templos evangélicos abra as portas no DF.

“Vamos pedir a todas as pessoas para rezarem por Brasília, pelo novo governo, para que a cidade volte a ser abençoada — principalmente na área da saúde pública”, adiantou o coordenador do Copev-DF. Os 3 mil pastores do DF foram convidados a celebrar cultos especiais durante a data comemorativa.

veja também