Caíque Oliveira fala sobre viver um viciado em crack no filme 'Metanoia'

Caíque Oliveira fala sobre viver um viciado em crack no filme 'Metanoia'

Atualizado: Quarta-feira, 28 Novembro de 2012 as 1:14

 

 
Um filme que nasceu de uma história triste e comovente. Em uma visita a Santarém, no Pará, o pastor de uma igreja contou o apelo que uma mãe fez a igreja, pedindo ajuda para comprar ferro para fazer uma jaula para o filho que estava viciado em crack e pediu para ser preso em casa.
 
O pedido foi atendido e a jaula foi construída. Quando o pastor foi visitá-lo, disse que foi a cena mais horripilante que já viu.
 
Essa história real foi contada para Caíque Oliveira, líder da Cia. de Artes Jeová Nissi e o comoveu. 
 
Miguel Nagle, líder do ministério 4U Films, já era conhecido de Caíque, e quando o líder do Jeová Nissi viu o último trabalho da 4U, chamou para conversar e colocar em prática a ideia de um filme sobre a história que ouviu.
 
O filme, intitulado 'Metanoia', já está em fase de produção e deve ter as últimas cenas gravadas no mês de dezembro.
 
Em entrevista ao GUIAME, Caíque Oliveira compartilha como é a experiência de viver na pele essa vida de droga. "A sensação é muito ruim. Por estar na Cracolândia a carne treme, é muito maligno".
 
Ele conta que teve que gravar cenas dormindo no chão e também usando o cachimbo de um usuário. "A igreja precisa entender que existe a Cracolâandia e um povo desesperado ali", frisa.
 
O líder do Jeová Nissi relata a provisão de Deus em toda a produção. O aluguel dos equipamentos, por exemplo, só foi feito porque os responsáveis ficaram muito tocados com a história, porque eles não alugavam sem ser à vista para ninguém de cinema por problemas de pagamento.
 
"O próprio Deus está provendo cada cena, cada momento. Vai ficar excelente", exclamou.
 
Confira algumas fotos dos bastidores das gravações:
 
Metanoia - o filme
Metanoia
Metanoia
Metanoia
 
 
GUIAME.COM.BR
 

veja também