Campanha de vacinação contra os maus tratos infanto-juvenis

Campanha de vacinação contra os maus tratos infanto-juvenis

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2011 as 12:43

vNo próximo dia 18 de maio, quarta-feira, data em que é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Visão Mundial vai realizar a “Campanha de vacinação contra maus tratos”, com o subtema “Enfrentamento das diferentes formas de violência contras as crianças”.

Durante um ato público, crianças e jovens entregarão uma balinha de mel, simbolizando uma vacina contra os maus tratos e, em seguida, um certificado dessa vacinação. A ideia é sensibilizar a população sobre as situações de violência cotidiana que crianças e adolescentes sofrem. Durante o ato, todos serão convidados a se comprometerem com a cultura de bons tratos e, em seguida, os participantes serão conclamados a se tronarem multiplicadores da campanha.

De acordo com Karina Lira, assessora programática de saúde materno-infantil da Visão Mundial, “Essa campanha visa tornar público um assunto que é visto como privado, pois, muitas vezes, há um entendimento de que o que acontece dentro de casa não deve se tornar público. Mas os maus tratos de crianças e adolescentes acontecem diariamente e isso é um problema da sociedade.”

A manifestação, que faz parte de uma abordagem chamada “Um Lugar Seguro para as crianças”, visa fortalecer uma rede de instituições que trabalha com a infância para promover uma cultura de proteção e de bons tratos às crianças e adolescentes. Segundo Karina, “Nesse projeto são capacitados educadores sociais para apoiar as instituições comunitárias na construção de políticas de proteção e no desenvolvimento do assunto junto às famílias e às crianças, de modo que elas sejam protagonistas das próprias causas.”

Além de promover a Campanha de Vacinação, a Visão Mundial está capacitando educadores para lidar com essa situação nas comunidades brasileiras.

 Violência doméstica

Segundo pesquisa realizada pelo Unicef, a cada ano seis milhões de meninos, meninas e adolescentes são vítimas de abusos graves na América Latina e no Caribe, dos quais 80 mil morrem em decorrência da violência doméstica, totalizando, em média 220, crianças a cada dia.

No Brasil, conforme dados disponibilizados pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), a violência física atinge 31% do total dos casos registrados de violência contra crianças e adolescentes. Em 2004, 49% das vítimas de abuso tinham entre dois e cinco anos de idade. Uma pesquisa da Secretaria Estadual de Saúde do Recife registrou, em 2009, entrada em hospitais públicos de 1.174 vítimas de agressões com menos de 18 anos. Desse total, 310 casos envolviam crimes sexuais. Uma criança ou adolescente é vítima de violência em Pernambuco a cada sete horas.

Campanha de vacinação contra os maus tratos

Data: Dia 18 de maio, quarta-feira

Hora: das 9h às 12h

Local: Praça da Independência, Recife (PE)

A campanha é uma parceria da Visão Mundial Brasil, Rede Claves e Rede Mãos Dadas.

veja também