Campanha defende o uso da praça pública por cristãos em Londres

Campanha defende o uso da praça pública por cristãos em Londres

Atualizado: Terça-feira, 28 Setembro de 2010 as 9:23

Um grupo de defesa cristã lançou uma nova campanha em Londres que defende o direito dos cristãos de expressarem sua fé em praça pública. A campanha critica a discriminação que alguns cristãos têm experimentado na escola ou no local de trabalho como resultado de falarem sobre suas crenças. O símbolo da cruz na logotipo do tema da campanha “Não se Envergonhe" (Not Ashamed) é projetado para agir como um lembrete da esperança que é encontrada única e supremamente no Senhor Jesus Cristo..

Ele aponta para recentes casos, como o de Gary McFarlane, um conselheiro de relacionamentos que foi demitido por se recusar a aconselhar casais do mesmo sexo.

Como parte da campanha, o grupo está pedindo aos cristãos para não se envergonharem durante o evento, no dia 01 de dezembro. O grupo está escrevendo um folheto para acompanhar a campanha em que explica por que Jesus Cristo é uma boa notícia para todos. O Ministério Christian Concern pretende entregar o folheto para cada família no país.

A fundadora do grupo, Andrea Minichiello Williams, disse que isso tem feito com que muitos cristãos se sintam incapazes de falar e de viver sua fé, ou confusos e desconcertados com o que eles são autorizados a dizer e a fazer em público.

"É tempo de a Igreja encontrar a sua voz de novo. Estamos orando para que esta campanha atinja exatamente isso, acendendo uma chama os cristãos de tal forma que eles encontram a sua voz e lugar na vida pública".

Mais informações sobre a campanha no site www.notashamed.org.uk

Um grupo de defesa cristã lançou uma nova campanha em Londres que defende o direito dos cristãos de expressarem sua fé em praça pública. A campanha critica a discriminação que alguns cristãos têm experimentado na escola ou no local de trabalho como resultado de falarem sobre suas crenças. O símbolo da cruz na logotipo do tema da campanha “Não se Envergonhe" (Not Ashamed) é projetado para agir como um lembrete da esperança que é encontrada única e supremamente no Senhor Jesus Cristo..

Ele aponta para recentes casos, como o de Gary McFarlane, um conselheiro de relacionamentos que foi demitido por se recusar a aconselhar casais do mesmo sexo.

Como parte da campanha, o grupo está pedindo aos cristãos para não se envergonharem durante o evento, no dia 01 de dezembro. O grupo está escrevendo um folheto para acompanhar a campanha em que explica por que Jesus Cristo é uma boa notícia para todos. O Ministério Christian Concern pretende entregar o folheto para cada família no país.

A fundadora do grupo, Andrea Minichiello Williams, disse que isso tem feito com que muitos cristãos se sintam incapazes de falar e de viver sua fé, ou confusos e desconcertados com o que eles são autorizados a dizer e a fazer em público.

"É tempo de a Igreja encontrar a sua voz de novo. Estamos orando para que esta campanha atinja exatamente isso, acendendo uma chama os cristãos de tal forma que eles encontram a sua voz e lugar na vida pública".

Mais informações sobre a campanha no site www.notashamed.org.uk

veja também