Canal aberto da TV Novo Tempo é inaugurado em Rio Branco - MT

Canal aberto da TV Novo Tempo é inaugurado em Rio Branco - MT

Atualizado: Sexta-feira, 21 Janeiro de 2011 as 8:59

No mês de dezembro de 2010, mais uma cidade de Mato Grosso passou a ter o sinal da TV Novo Tempo em canal aberto. O município de Rio Branco, na região oeste do estado, já pode conferir a programação da televisão adventista.  Durante o último mês do ano, quando os moradores sintonizavam seus aparelhos televisores no canal 09 passaram a desfrutar de toda a programação da TV Novo Tempo, sinal emitido de Jacareí, no interior de São Paulo.

Em Rio Branco, a igreja local esperou com expectativa a inauguração oficial ocorrida no dia 12 de dezembro. Estiveram presentes vereadores do município e os pastores distritais Jean Quenehen e Daniel Fernando. O pastor Nelson Milanelli, líder adventista de comunicação da região Centro Oeste, e o pastor Levino dos Santos, líder adventista de comunicação no estado de Mato Grosso, também compareceram ao evento.

Os líderes e o pastor da igreja local se mobilizaram para que o sinal da TV Novo Tempo se tornasse realidade na cidade. Após a oração de consagração, a fita inaugural foi desatada e na televisão ao fundo, lá estava o pastor Luís Gonçalves, apresentador do programa Arena do Futuro apresentando mais uma edição.

Segundo o pastor Levino dos Santos, Rio Branco entra para a história. Ele acredita que, ao assistirem ao canal 9 as pessoas terão mais saúde, serão mais honestas e temerão mais a Deus. “Os programas familiares, de culinária natural, finanças e sobre a Palavra de Deus fortalecerão amplamente as famílias do município”, destaca.

De acordo com o pastor Quenehen, o sinal da TV é um poderoso instrumento para evangelização. Já o pastor Milanelli enfatizou que o poder da televisão para comunicar Jesus é indiscutível. No entanto, ressalta que o papel dos membros da igreja local é fundamental. “Os fiéis serão a ponte de comunicação entre a tecnologia e o Deus real que ama cada pessoa e quer salvar todos”, lembra.

Por Ellen Ribeiro (com informações de Levino dos Santos)

veja também