Cancelamento de sentença do Pr. Yousef seria mentira da mídia iraniana

Cancelamento de sentença do Pr. Yousef seria mentira da mídia iraniana

Atualizado: Quinta-feira, 20 Outubro de 2011 as 10:36

De acordo com a agência de notícias NewsMax as informações de que a sentença de morte do pastor Yousef Nadarkhani  foi suspensa não passaram de informações inventadas pelo governo iraniano para dispensar a atenção da população internacional sobre o caso.

Essa informação chegou depois que o Centro Americano para a Lei e Justiça apurou e declarou que essa história não procede.

“A história divulgada pela mídia iraniana sobre a chance de um novo julgamento, em vez da pena de morte, é um ardil para levar as pessoas a esquecerem o caso de Nadarkhani”, disse o Centro. Para eles, o  ”Irã quer silenciar o protesto mundial com o seu conto de um novo julgamento devido a preocupações com a convicção original”.

As novas informações dizem que o advogado do pastor, Mohammad Ali Dadkhah confirmou que não haverá um novo julgamento, mas que o caso foi remetido para o líder supremo do Irã, Ali Khamenei, para que o futuro do pastor Yousef seja definido.

O Centro Americano para a Lei e Justiça também informou que há rumores de que o tribunal pretende manter a sentença de morte, para puni-lo pelo crime de apostasia.

Ele também deve ser julgado pelas falsas acusações de violações de segurança, estupro e sionismo que um funcionário iraniano acrescentou ao processo na última hora.

veja também