Candidato a prefeitura de São Paulo e Vice Presidente da República anunciam aliança entre PMDB e PSC

Liderança evangélica se reúne com Michel Temer e Chalita

Atualizado: Sexta-feira, 10 Fevereiro de 2012 as 3:05

O pré-candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo, Gabriel Chalita, anunciou nesta sexta-feira, 10, o apoio do PSC a sua campanha. A legenda cristã, com representantes evangélicos, é a primeira a declarar oficialmente sua intenção de se aliar ao peemedebista, que é católico, na disputa municipal de outubro.


O anúncio feito nesta manhã na sede municipal do PMDB paulistano, na Bela Vista contou com a presença do vice-presidente Michel Temer e o presidente estadual da sigla, Baleia Rossi. Também estiveram presentes dirigentes do partido cristão: o presidente da legenda, Vitor Abdala Nósseis, o vice-presidente, pastor Everaldo Pereira, o presidente estadual, Gilberto Nascimento, e o pastor e deputado federal Marco Feliciano. Outros pastores, como o Bispo Robson Rodovalho também estiveram presentes no evento.


Exclusivo ao GUIAME o pastor e deputado federal Marco Feliciano falou sobre a importância da aliança dos partidos para os evangélicos. “Para mim esta aliança é única forma de blindar a igreja dos pensamentos perniciosos do PT com seu Fernando Haddad (pré candidato a prefeitura de São Paulo pelo PT), o pai do kit gay. São Paulo precisa de uma liderança de fato que enxergue o mundo com os olhos dos pequenos. Quando cheguei a Câmara dos Deputados a primeira pessoa que conheci foi Gabriel Chalita,e enxergo nele alguém que de fato sonha com um futuro melhor. O Chalita é um amigo pessoal e particular, uma pessoa de princípios e estou feliz em ver o PSC apoiando o candidato” disse.


Professor, escritor, advogado e filósofo, Gabriel Chalita, manteve em toda a sua carreira política, docente e literária, um forte vínculo com a Igreja Católica, em especial com a Canção Nova, uma associação de fiéis que virou a maior atração turística de Cachoeira Paulista.


Sua forte ligação com o catolicismo pode ser notado no segundo turno das eleições presidenciais quando rivais tentaram associar a imagem de Dilma ao aborto e a posições anti-religiosas, estrategistas do PT escalaram Chalita para neutralizar os ataques. “Nenhum outro parlamentar tem a imagem tão associada ao catolicismo quanto Chalita”, diz o analista político Gaudêncio Torquato.


Em seu discurso Chalita festejou a aliança entre o PMDB e o PSC. “Houve uma decisão do partido para que construíssemos um projeto que oferecesse a cidade de São Paulo um cuidado de especial. O PMDB sempre foi um partido marcado pela luta, pela liberdade, pela dignidade da pessoa humana e por buscar um país mais justo sempre visando mostrar a sociedade uma alternativa de gestão administrativa que cuidasse das pessoas, logo, o primeiro partido que nós procuramos e que para nossa alegria hoje se une a nós é o PSC. Um partido que tem como tema o ser humano em primeiro lugar e se preocupa com a família, não queremos pessoas que apenas nos apóiem, mas queremos nos unir com quem quer construir um projeto para São Paulo. Sou grato ao PSC por acreditar neste projeto e de mãos dadas nós vamos mostrar a população desta cidade que é possível fazer política com amor e ética” discursou o pré- candidato.


Para o presidente estadual do PSC, Pr. Gilberto Nascimento, a aliança vem de encontro com os objetivos do partido. “Vamos ter um prefeito que cuidará dos cidadãos invisíveis de São Paulo. Portanto eu parabenizo Chalita. Quero dizer que esta foi uma decisão muito conversada no partido, mas eu tenho certeza de que estamos no melhor caminho. São Paulo é um presente dos homens para os olhos de Deus” conclui Nascimento.


O Pastor Everaldo Dias, vice-presidente nacional do PSC, também celebrou o apoio a Chalita. “O PSC escolheu Gabriel Chalita como candidato ao prefeito de São Paulo. Agradecemos a Deus pela vida deste deputado brilhante e com a ajuda de Deus vamos ganhar essa eleição”


O vice-presidente da República e presidente do PMDB, Michel Temer, acredita que essa aliança pode ser significativa para as eleições a prefeitura de São Paulo. “O PMDB se une ao PSC para fazer uma multiplicação de votos tamanha à presença do partido cristão nessa aliança. Nós confiamos em Gabriel Chalita, candidato que tem a capacidade extraordinária de transmitir clareza e a franqueza que a cidade de São Paulo precisa. Estamos renascendo para crescer e expresso hoje minha satisfação por essa aliança” terminou Temer afirmando que Chalita será prefeito de São Paulo.

 

Por Pollyanna Mattos

Fonte: www.guiame.com.br 

veja também