Candidato a prefeitura de SP participou ontem de debate na televisão

Russomanno nega ligação de partido com a Igreja Universal

Atualizado: Terça-feira, 4 Setembro de 2012 as 8:07

Em debate promovido pelo jornal Folha de S.Paulo e pela Rede TV! nesta segunda-feira, o candidato a prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, teve que se defender de temas suscetíveis da suas campanhas, igrejas e rejeição.

Na primeira questão, Celso Russomanno (PRB), respondeu sobre a possível ligação que seu governo e seu partido teriam com a igreja evangélica. O candidato defendeu as igrejas e deu o número de religiosos no seu partido.


"80% são católicos, 20% evangélicos, apenas 6% são da Igreja Universal. O fundador do partido era José Alencar, um católico fervoroso", disse Russomanno.

Conforme publicado na FolhaPress, ao comentar a resposta do líder nas pesquisas de intenção de voto, o tucano José Serra lembrou que o presidente da PRB, Marcos Pereira, é bispo licenciado da igreja. 
"Não estamos fazendo eleição para papa do Brasil", disse Russomanno em sua tréplica, questionando o interesse da população sobre debater religião na disputa municipal. 
Serra 

 

veja também