Caravana Apostólica da Renascer termina plantando árvore em Israel

Caravana Apostólica da Renascer termina plantando árvore em Israel

Atualizado: Terça-feira, 22 Novembro de 2011 as 2:58

O último dia da Caravana Apostólica 2011 terminou neste domingo, 20 de novembro, nas montanhas de Benjamin, no kibutz cristão Yad-Hashmona. A região, que fica próxima a Jerusalém, é a mesma onde habitava Obede-Edom, que abrigou a arca da aliança por três meses no tempo do rei Davi.

Ali, o apóstolo Estevam Hernandes reuniu o povo para uma breve ministração, meditando na Palavra que está em 2ª Samuel 6. “Nos dias de Saul, a arca da aliança foi desprezada, porque todos viviam na carne. A arca estava com os filisteus, mas Davi sabia que ela precisava ser trazida de volta. No caminho de volta, no entanto, decidiu deixa-la por três meses na casa de Obede-Edom”, disse ele.

O apóstolo explicou que aquele foi um tempo profético, em que Obede-Edom foi extremamente abençoado. Logo depois, a arca foi levada de volta a Jerusalém, onde Davi entrou na cidade dançando e festejando.

Árvore profética “Nestas terras em que a arca trouxe esta bênção, nós vamos plantar profeticamente uma árvore e enterrar os pedidos do povo. Pedimos que, profeticamente, essa árvore possa crescer sobre eles e criar raízes profundas. Coisas impossíveis vão acontecer, em nome de Jesus!”.

Depois, embalados pela música “Casa do Pai”, de Thales Roberto, todos cantaram e oraram pelos pedidos, que foram enterrados no local. “Essa árvore vai florescer e dar renovo e será de testemunho paras gerações futuras”, disse o apóstolo Estevam.

A árvore, uma muda de oliveira, foi plantada sobre os pedidos, em meio ao louvor e oração do povo.

Bênçãos de Israel A primeira vez em que o apóstolo Estevam Hernandes e a bispa Sonia Hernandes estiveram em Israel foi há 18 anos. De lá para cá foram muitas caravanas, todas marcadas por Deus de maneira especial.

“Mais uma vez, a viagem foi muito especial, principalmente o momento em que estivemos em Berseba, pois estamos no ano de Abraão. Ali pudemos ver a grandiosidade do poder de Deus. É um grande marco ter esta unção sobre nós”, disse o apóstolo Estevam. “Foi uma experiência nova, poderosa, que recarrega nossas baterias e nos fortalecemos para um novo tempo de Deus”, disse ele.

Para a bispa Sonia Hernandes, a viagem foi tremenda e maravilhosa em todos os sentidos. “Não houve um só dia em que Deus não tivesse nos ministrado. Saio daqui totalmente acrescentada! E tudo se completou com este ato em Obede-Edom e com o testemunho maravilhoso que ouvimos aqui”, disse a bispa, referindo-se ao testemunho de Saulo, coordenador do kibutz, que teve o neto curado de câncer.

O cantor Thales Roberto, que esteve pela primeira vez em Israel, disse que a experiência mudou sua vida. “Pude testificar a verdade da palavra de Deus e receber uma unção sobrenatural que está sobre esta terra. Descobri que sou desta terra. Com certeza, meu ministério passa a ser dividido entre antes e depois de estar em Israel”, afirmou.    

veja também