Cartas de cristãos fortalece fé de viúva convertida na Nigéria

Cartas de cristãos fortalece fé de viúva convertida na Nigéria

Atualizado: Quinta-feira, 15 Julho de 2010 as 3:05

Grace Yusuf testemunhou o assassinato brutal de seu marido, e viu sua casa ser incendiada durante os violentos ataques que atingiram Jos, Estado de Plateau, em novembro de 2008, na Nigéria. Desde março, quando os parceiros da Missão Portas Abertas começaram a escrever para ela, Grace recebeu cerca de 10kg de cartas de cristãos de todo o mundo. Essas cartas ministraram à Grace nos momentos em que ela mais precisou. “Vocês não têm ideia de como essas cartas me ajudaram a enfrentar essa situação. Quando meu mundo estava desmoronando, fui restaurada pelas maravilhosas palavras das pessoas. Eu quase perdi as esperanças, mas fui fortalecida. Esses irmãos tocaram minha vida em muitos aspectos. Agora creio que Deus é maior do que os meus problemas. Ele usou essas pessoas para ministrar a mim de modo especial. Não há como agradecer o suficiente a preocupação de vocês. Continuem orando pro mim. Estou vivendo o poder da oração e do amor de vocês”, diz Grace. Depois do ataque, Grace e seus filhos se mudaram com sua filha e genro. O plano era viver com eles até que ela encontrasse outra casa. Mas então, seu filho de 33 anos se envolveu em uma batida de carro que provocou a amputação de sua mão direita. Para Grace, era como se seu mundo estivesse desabando, porque ela esperava que seu filho pudesse cuidar dela após a morte de seu marido. Quase um mês após o acidente, a filha e o genro de Grace sofreram um acidente com o carro. Eles ficaram hospitalizados durante semanas. Naquele momento, a saúde de Grace estava sendo prejudicada, por causa dos momentos de nervoso. Ela ficou hipertensa. Grace tem que fazer diversos testes de pressão, para poder evitar um derrame. Em meio a tanta tensão e incerteza, Grace confessa que a quantidade de cartas que ela recebeu tem sido sua companhia. “Elas são meu espelho e meu consolo. Apesar de não ter sido fácil superar meu trauma, as cartas me fizeram lembrar de que Deus está sempre ao lado daqueles que confiam nele”. Grace conseguiu se mudar para uma casa alugada, junto com seu filho. Ela está com boa saúde e permanece firme em sua fé. O filho de Grace também não desanimou por causa de seu acidente. Na verdade, ele continua trabalhando como decorador de interiores, com a ajuda de alguns funcionários.  

veja também