Casamento em tanque batismal é destaque no evangelismo em Manaus

Casamento em tanque batismal é destaque no evangelismo em Manaus

Atualizado: Segunda-feira, 1 Novembro de 2010 as 2:38

No domingo 24 de outubro Simone e Arlindo saíram de casa para ir à igreja que estavam frequentando nos últimos cinco meses.

Ela havia enfrentado alguns problemas pessoais, afastou-se de Deus e sentia que não tinha mais fé, mas buscava respostas. Nesse dia a irmã de Simone, que é adventista há dois anos, acompanhava o casal ao culto. Eles chegaram 17h ao ponto, mas eram quase 19h e o ônibus não passava.

A irmã sugeriu que fossem para a Igreja Adventista, que ficava próxima, e chegariam lá em poucos minutos para assistir à mensagem via satélite com o pastor Luís Gonçalves. Nesse mesmo dia, o pastor Cleziomar Dias realizava o evangelismo na Igreja Adventista de São Jorge, em Manaus. Simone queria mesmo ir pra casa, mas como estavam prontos e arrumados aceitaram o convite e foram à igreja.

Cozinheira marítima na vida profissional, Simone sabia que a vida cristã necessitava de um “tempero” especial, a fé. Mesmo tendo passado por outras igrejas, o objetivo era o de resgatar a sua fé. O culto começou naquela noite de domingo, o louvor, o estudo e a mensagem bíblica, a presença do Espírito Santo, tudo fez Simone sentir algo diferente, e que a levaria aquele lugar durante toda a semana.

A decisão estava tomada, o casal assistiria todo curso bíblico. Na terça-feira, 26, o pastor fez um apelo convidando quem sentisse o desejo de ser batizado fosse até a frente. Simone havia escuta de muitas pessoas sobre o “toque do Espírito”, mas não acreditava. Nessa noite algo diferente aconteceu. “Eu senti uma emoção muito forte, o Espírito Santo me chamou de tal maneira que não pude resistir, quando vi já estava com a mão levantada e caminhando com Arlindo rumo ao pastor”, descreveu Simone.

No dia 27, o pastor visitou o casal, aconselhou, e orou com eles. As respostas que Simone buscava surgiram. O casal decidiu oficializar a união civil, para serem batizados juntos na sexta-feira. Simone sonhava com as alianças, uma cerimônia especial, mas financeiramente estava difícil. À noite ela foi dormir ansiosa, e pela manhã acordou inspirada. “Oficializamos a união no civil pela manhã, o pastor celebra o nosso casamento no tanque batismal, e em seguida nos batiza. Não há vestido de casamento mais próprio do que a beca batismal”, declarou.

A sexta-feira chegou e o casal estava cedo na igreja. Após a mensagem do pastor Luís Gonçalves os dois entraram no tanque. A cerimônia de casamento teve damas de honra e alianças, e deixou a igreja emocionada. Após a benção, os dois realizaram o sonho de serem batizados juntos. “Quando eu procurei essa igreja, Deus me deu tudo o que eu precisava, só coisas boas”, declarou Arlindo minutos antes do batismo.

“Senti o meu coração queimar quando o pastor fez o apelo, e não resisti. Aqui encontrei minha fé, calma, paz, e aprendi a orar”, afirmou Simone. A decisão de Simone já causou efeitos positivos em sua família. No dia que soube do casamento da filha, o pai de Simone se alegrou e disse que naquela mesma noite iria à igreja adventista com sua família para seguir a Cristo a exemplo da filha.

veja também