Casamento para padre: bispo do Rio defende mudança na Igreja Católica

Casamento para padre: bispo do Rio defende mudança na Igreja Católica

Atualizado: Quarta-feira, 2 Junho de 2010 as 10:02

O desejo das 40 italianas que escreveram carta ao Vaticano pedindo o fim do celibato para os padres - com os quais manteriam um relacionamento amoroso, de acordo com matéria publicada nesta terça-feira pela BBC -  não gera polêmica apenas fora da Igreja Católica. Dentro dela, mesmo a voz de um bispo influente como Dom Clemente Isnard enfrentou resistência ao defender o celibato opcional, em 2008.

- Não é para casar todos os padres, só quem quiser. Eu mesmo, quando era bispo de Nova Friburgo, perdi dois que eram bons - disse dom Clemente, em julho do ano passado, ao Extra (Ouça um trecho da entrevista aqui ).

O religioso, que já foi vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), teve seu livro ("Reflexões de um bispo sobre as instituições eclesiásticas atuais", da editora Olho d&Água) censurado por Dom Eusébio Scheid e pelo núncio apostólico (embaixador do Papa no Brasil) dom Lorenzo Baldisseri, na época.

veja também