Catarinenses aprendem obre a importância de manter a fé em atividade

Catarinenses aprendem obre a importância de manter a fé em atividade

Atualizado: Segunda-feira, 9 Maio de 2011 as 10:16

Todos os domingos, milhões de pessoas do Brasil e do mundo se disponibilizam para buscar o Deus vivo, nos Cenáculos do Espírito Santo espalhados por quase 200 países. A necessidade de buscar a Sua Santa presença é o que move essas pessoas que sabem que precisam manter constantemente a chama da fé acesa. É nesse espírito que os catarinenses participaram do encontro de famílias, realizado no último domingo, às 9h30, na Avenida Mauro Ramos, 1310, Centro Florianópolis.

Na oportunidade, o bispo Alfredo falou que as lutas que enfrentamos, são permitidas por Deus, a fim de manter a nossa fé ativa. Uma palavra que retratou muito bem o esclarecimento foi o que está escrito em Efésios 6.10-11 que diz: “Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo."

“A armadura serve para proteger-nos de um ataque, e se pararmos para observar veremos que nossa vida é uma verdadeira guerra, por isso que Deus não nos deixou desarmados”, explicou.

O bispo ainda esclareceu que, só cai em uma numa cilada quem está despercebido. “Devemos, então, estar em alerta contra estes ataques.” Ele deixou uma orientação a todos que buscam manter sua fé ativa: “Quando ajudamos uma pessoa, na verdade, estamos fazendo por nós mesmos, se ganharmos uma alma para o Senhor Jesus, estamos nos beneficiando, pois isso é o que mantém a fé em atividade”.

Casamento restaurado Sandra Aparecida Meurer, de 37 anos, hoje esteticista e massoterapeuta, conta que os problemas e as dificuldades surgiram assim que se casou. “Devido eu ter me casado nova, com apenas 19 anos e meu esposo com 17 anos, não tínhamos estrutura para levar uma vida a dois”, diz. Após um ano de casada Sandra engravidou, porém dependia da ajuda dos pais, pois mesmo ela e o marido trabalhando não conseguiam o sustento necessário.

Mais tarde, após 11 anos de casada, ela teve a segunda gravidez, foi então que as condições financeiras do casal pioraram. Sandra explica que a sua filha mais velha começou a ver vultos, ouvir vozes e sentia que estava sendo perseguida. Assim que o segundo filho completou um ano e dez meses ela descobriu que estava sendo traída.

Devido às traições e o envolvimento do marido com as bebidas, ela decidiu se separar. “Minha separação foi um momento em que eu me vi sem chão, pois sempre fui fiel e com tanto sofrimento cheguei a emagrecer 6 kg em 11 dias”, conta.

Um dia passando em frente ao Cenáculo do Espírito Santo, Sandra sentiu vontade de entrar e foi o que fez. “Eu fui muito bem recebida pelo homem de Deus e, percebi, desde o primeiro dia que lá eu encontraria a solução para os meus problemas, foi então que comecei a participar da reunião do Jejum das Causas Impossíveis e a perseverar nas correntes e tudo mudou”, relata.

O marido de Sandra, mesmo fora de casa, passou a ver que existia algo de diferente nela e foi aí que, em 20 dias, ele voltou para casa e começou a frequentar as reuniões da IURD. “Hoje meu casamento é perfeito, ele não bebe mais somos eternos namorados, minha filha tem paz, alegria, desfrutamos do bom e do melhor inclusive eu trabalhava sete anos em uma clinica de estética que hoje sou a proprietária.

Nossa vida é totalmente transformada. Deus fez o impossível se tornar possível na minha família. Sou do Jejum e não desisto nunca, vêm os problemas, mas a vitória é certa!”, conclui.

veja também