Cerca de 1.000 novas galáxias são descobertas e a Bíblia pode explicar isso

Cientistas cristãos têm apontado para a Bíblia como explicação para a nova descoberta de cerca de 1.000 galáxias.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Quarta-feira, 18 Julho de 2018 as 9:37

Cientistas têm apontado para a Bíblia como explicação para a descoberta de galáxias. (Foto: Reprodução)
Cientistas têm apontado para a Bíblia como explicação para a descoberta de galáxias. (Foto: Reprodução)

Uma nova imagem divulgada pela Agência Espacial Europeia (ESA) revela mais de 1.000 pontos de luz que são, na verdade, galáxias individuais. Cientistas cristãos criacionistas também estão celebrando a nova descoberta, porém lembrando que a explicação para isso pode ser encontrada na Bíblia.

A imagem infravermelha foi obtida pelo Receptor de Imagem Espectral e Fotométrica do Observatório Espacial Herschel da ESA (SPIRE). A imagem mostra o Pólo Norte Galáctico, cobrindo 180 graus quadrados do céu.

Os astrônomos dizem que cada ponto de luz na imagem representa uma galáxia. Uma galáxia é uma enorme variedade de estrelas, gás interestelar e poeira. Por exemplo, nossa galáxia é conhecida como a Via Láctea. Os cientistas acreditam que inclui mais de 100 bilhões de estrelas.

Descobertas como essa reafirmam a declaração do salmista, que escreveu no Antigo Testamento da Bíblia: "Os céus declaram a glória de Deus e o céu proclama sua obra." (Salmo 19:1)

De acordo com o site "Answers in Genesis"  fundado por um cientista cristão e administrado por uma equipe de criacionistas — a Bíblia é ainda mais específica, indicando que o universo se estendeu ou expandiu.


Apesar de parecer um 'céu azul', mas é uma imagem infravermelha com centenas de pequenos pontos de luz, e cada um deles é uma galáxia. (Foto: ESA)

Isaías 40:22 diz que Deus estende os céus como uma cortina e os espalha como uma tenda para habitar. O versículo também sugere que o universo aumentou em tamanho desde que Deus o criou e está fazendo com que ele se expanda.

"Ele diz o número das estrelas; ele as chama por seus nomes". (Salmos 147:4)

De acordo com o site científico Gizmodo.com, imagens como essa permitem aos astrônomos estimar o número total de galáxias em todo o universo observável. Alguns anos atrás, astrônomos chegaram à conclusão de que o universo contém de 10 a 20 vezes mais galáxias do que se pensava anteriormente.

O melhor palpite dos cientistas que observam as estrelas é que o universo contém algo entre um e dois trilhões de galáxias. Isso significa que o universo está literalmente transbordando de estrelas, em algum lugar em torno do número de 700 sextiliões de estrelas - o número sete seguido por 23 zeros.

E esse é apenas o número estimado de estrelas no universo observável. Também poderia haver mais trilhões que não se podem ver com a tecnologia atual.

Esta realidade de estrelas e galáxias incontáveis também recitada na Bíblia, quando o salmista reconhece a grandiosidade da criação divina.

"Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites?" (Salmos 8:3-4).

A poderosa canção do Hillsong abaixo, fala sobre como o incrível poder de Deus é visto na Criação, declarando: "Enquanto você fala, cem bilhões de galáxias nascem, no vapor de sua respiração os planetas se formam, se as estrelas foram feitas para adorar, Eu vou Te adorar".

veja também