C.H. Mackintosh

C.H. Mackintosh

Atualizado: Sexta-feira, 21 Agosto de 2009 as 12

Sua atitude espiritual se evidenciava no propósito de dar a Cristo o intangível primeiro lugar em sua vida e em considerar a obra dEle como primordial

Charles Henry Mackintosh, cujas iniciais - C. H. M. - são bem conhecidas por muitos cristãos de todo o mundo, nasceu em outubro de 1820 em um quartel de Glenmalure, no condado de Wicklow, na Irlanda. Seu pai era o capitão do regimento "The Highianders" e serviu durante a insurreição na Irlanda. Sua mãe era filha de lady Weldon, procedente de uma antiga família irlandesa. Motivado pelas cartas que a irmã lhe escreveu após sua conversão, o jovem experimentou um despertar espiritual aos dezoito anos de idade. Alcançou a paz mediante a leitura de um tratado de J. N. Darby, "O Poder do Espírito Santo". De ajuda especial lhe foram as palavras segundo as quais a paz nos é dada pela obra de Cristo por nós e em nós.

Ainda jovem, já crente, empregou-se em um comércio de Limerick. Lia muito a Palavra de Deus e dedicou-se com fervor a vários estudos. Em 1844 abriu uma escola em Westport e dedicou-se com grande zelo à educação, mas sua atitude espiritual se evidenciava no propósito de dar a Cristo o intangível primeiro lugar em sua vida e em considerar a obra dEle como primordial. Por esta razão, em 1853, quando temia que o trabalho na escola iria absorvê-lo, renunciou a este serviço.

A esta altura já tinha começado a escrever seus pensamentos acerca dos cinco livros de Moisés (o Pentateuco). Logo foram aparecendo, em intervalos, os comentários sobre os quatro primeiros livros de Moisés e dois sobre o quinto. Estes livros, impregnados de forte espírito evangelizador, foram objeto de várias e importantes edições. O prefácio foi escrito por Andrew Miller, quem sempre financiou a impressão.

Não é difícil apreciar a influência de seus escritos. Do mundo inteiro lhe chegavam cartas expressando gratidão e reconhecimento pelas explicações dos cinco livros de Moisés. Assim como o Pentateuco, sua coïeção MisccHaueons Writings (Compilação de Vários Escritos) também abrangeu seis volumes. Seu primeiro escrito, que data do ano de 1843, levava o título A Paz de. Deus.

Em 1896, poucos meses antes de falecer, enviou ao seu editor um manuscrito com o título O Deus de Paz.

Dormiu no Senhor em 2 de novembro de 1896.

veja também