Chá de Mulheres da Reconstrução reúne mais de 2 mil no Espaço Renascer

Chá de Mulheres da Reconstrução reúne mais de 2 mil no Espaço Renascer

Atualizado: Quinta-feira, 27 Agosto de 2009 as 12

"Saio mais fortalecida daqui, para não colocar limites em nada, não enxergar barreiras naquilo que Deus tem para a minha vida". Com essas palavras a Bispa Sonia Hernandes resumiu o que estava sentindo, após ministração poderosa no primeiro Chá de Mulheres da Reconstrução, após seu retorno ao Brasil. Foi um tempo único para as mulheres presentes nas regionais da Igreja Apostólica Renascer Em Cristo. No Espaço Renascer, mesmo com o frio, elas chegaram cedo, formaram uma imensa fila e estavam felizes por ouvir a pregação da "mamãe", como é chamada carinhosamente a Bispa Sonia, direcionada exclusivamente a elas.

O evento contou ainda com a participação da Pastora Simone Cristina dos Santos, mãe do jogador Kaká, que falou sobre sua experiência na Itália, onde está à frente de uma igreja Renascer, e do milagre vivido pelo filho, que aos 18 anos foi vítima de uma fratura na espinha e que por pouco não o deixou paralítico e sem poder jogar futebol. "Neste tempo, Deus me ensinou a esperar em silêncio. Todos os diagnósticos dos médicos eram de que meu filho não voltaria mais a jogar, mas vimos as mãos do Senhor agindo e hoje o meu filho vive a bênção", disse emocionada.

Após muito louvor com o Renascer Praise, para surpresa de todos os presentes, a Bispa Sonia apareceu e ministrou a palavra de oferta, resumida pelas experiências maravilhosas que ela e sua família têm vivido. "Quando colocamos Deus à frente de tudo, a nossa história muda. Ele tira todo desespero, ansiedade, loucura, doença. É tremendo andar pela fé, crer em milagres e ter uma oferta no altar", enfatizou.

Ela também falou sobre Ester, a moça judia que não tinha perspectiva alguma, era adotada pelo primo Mordecai, mas se tornou rainha após casar-se com o rei Assuero. "Quem diria que Ester seria rainha? E quem diria que quando ela estava sendo feliz, haveria um problema na sua família, quando seu tio Mordecai foi condenado à morte?", perguntou a Bispa. E continuou, "quem diria que eu viveria essa alegria? Mas é essa esperança que me anima. Somos escolhidas para viver milagres. Deus pode mudar a nossa sorte e a nossa fé contagia as pessoas". Ela explicou que quando uma serva de Deus se levanta, pode mudar qualquer situação e é por isso que o Senhor nos deu a vida.

Após muitas mulheres aceitarem a Jesus, a Bispa ministrou sobre as revelações de cura que recebeu de Deus e muitas mulheres foram à frente buscar seu milagre. Uma delas foi Eremita Silva Sequeira, 49 anos, costureira, e que há 28 anos sofria com um caroço do tamanho de um limão entre o abdômen e o estômago e foi curada. "Os médicos diziam que era uma hérnia muito grande. Foi muito difícil chegar aqui hoje, mas eu sabia que algo tremendo ia acontecer. Agora o caroço sumiu, não o sinto mais nada", comemorou. Ela conta ainda que já foi curada de outros quatro cânceres no ouvido, pulmão, rosto e cabeça.

Já a contabilista Renata da Silva Antunes, de 26 anos, convertida na igreja Renascer há mais de 10 anos, foi curada de enxaqueca, uma das doenças reveladas pelo Senhor, através da Bispa. "É a primeira vez que participo do Chá. Foi uma grande bênção. Eu sofria com essa enxaqueca há muito tempo, fiz vários exames e não descobriram o meu problema", descreveu emocionada. "Agora estou curada".  Também pela primeira vez no Chá de Mulheres, a bancária Vanessa Rodrigues Pereira, 28 anos, foi curada de um cisto no punho. Para ela, foi uma experiência maravilhosa participar do evento e quer estar em todos agora.

O evento contou ainda com sorteios e leilões. Uma das contempladas foi Fernanda da Silva Alves, recepcionista, de 25 anos, que aceitou a Jesus no evento. Assim como para tantas mulheres, foi uma luta ela estar no chá também, mas ela diz que foi um tempo único em sua vida. "Tenho a certeza de que tudo agora vai mudar para melhor. Me emocionei muito hoje", revela.

veja também