Charles Colson líder político evangélico pede oração

Charles Colson líder político evangélico pede oração

Atualizado: Quinta-feira, 4 Novembro de 2010 as 8:28

Os republicanos tomaram a Casa de volta com uma vitória retumbante, enquanto os democratas estão em sua maioria no Senado.

Agora, após os resultados das eleições parlamentares, os cristãos são convidados a orar por seus líderes eleitos.  “Eu vou estar de joelhos, implorando a Deus para ter misericórdia deste País e da Sua Igreja. Todos nós devemos orar por nossos representantes e senadores recém-eleitos", disse líder evangélico muito conhecido Charles Colson.

Colson, ex-assessor do presidente Richard Nixon, havia anunciado na semana passada que “nós evangélicos e católicos conservadores precisamos reconhecer que não temos casa política".

No entanto, ele criou uma “casa” digital terça-feira (2) para os cristãos conservadores em meio à histeria da noite da eleição, com mensagens de vídeo e texto em seu blog Centro Colson, páginas de Facebook e Twitter.

Logo no início da noite, Colson comentou as vitórias de candidatos pró-vida. Às 19h06, ele twittou sua alegria pelas vitórias republicanas no Senado dos EUA. Colson escreveu que estava "surpreso, mas feliz, que o “pró-família”, Dr. Paul Rand, venceu por uma margem de [20 mil] votos até agora".

Indiana foi o primeiro estado a ir para os republicanos, uma torção do triunfo do presidente Barack Obama nas eleições de 2008. Em seu blog, Colson fala sobre eleição. "Uma coisa já está clara a partir de pesquisas, campanhas e pontos de vista claramente expressos pelo povo norte-americano: A linha está sendo desenhada na areia. O que as pessoas estão dizendo é o bastante".

As 20h30, os republicanos tinham recuperado o governo da Flórida e teve vitórias em New Hampshire, Indiana, Kentucky e na Flórida.

Colson elogiou o partido por tentar mudar a cultura de Washington. Disse: “Eles criaram um movimento popular de massa. Agora suas vozes estão sendo ouvidas".

"Agora o partido tem o poder e a responsabilidade de reconstruir o Partido Republicano transformando-o em um partido que representa a classe dominante norte-americana da classe trabalhadora e empresa de pequeno porte", disse Viguerie.

veja também