Christafari vem ao Brasil pela turnê Live in Concert

Christafari vem ao Brasil pela turnê Live in Concert

Atualizado: Segunda-feira, 27 Outubro de 2008 as 12

Por Felipe Pinheiro

Em nova turnê pelo mundo, denominada "Live in Concert", a banda californiana Christafari pela terceira vez esteve no Brasil, no último dia 24 de outubro, sexta-feira, na sede da Igreja Bola de Neve, em São Paulo. Para Obie Obien, guitarrista, "a música reggae não é tão popular nos Estados Unidos quanto aqui no Brasil. Sentimos essa diferença e por isso nos aproximamos mais dos jovens daqui". O evento ainda contou com a participação de Avion Blackman, Solomon Jabby e Dominic Balli.

Diferente da última vinda, em que foi gravado o DVD "To The Foundation", previsto para ser lançado no primeiro semestre de 2009, o público pôde louvar a Deus com outras músicas do ministério californiano. O DJ Alpiste marcou presença no evento e comentou ao Guia-me : "Fui um dos primeiros a tocar Christafari na rádio. As pessoas se identificam muito não só com a música, mas com a cultura. Esse também é o caso do hip hop". Renato Monteiro, reggaero membro do Bola de Neve, ressalta a qualidade musical da banda. "Existe o preconceito por ser uma banda gospel, mas é legal que existam bandas de qualidade como esta".

Durante o show, Mark Mohr, vocalista e fundador do Christafari, declarou que o Brasil é o país favorito do ministério. "É muito bom estar em São Paulo. Essa é a nossa platéia favorita. Da primeira vez que estivemos aqui, não nos deixavam cantar, as pessoas cantavam junto", afirmou. Cerca de 45 países já tiveram a oportunidade de ouvir ao vivo a mensagem de salvação impregnada nas letras.

Com o propósito de alcançar vidas, a intenção inicial de Mark era resgatar as pessoas dependentes das drogas. "Quando escrevi a primeira letra e me apresentei no acampamento cristão que foi onde tudo começou, percebi que era um ministério, e não apenas uma banda de reggae", relembra. Hoje, o objetivo é alcançar não só os que possuem algum tipo de dependência química, mas todos os que não conhecem a verdade de Jesus Cristo.

Em determinado momento, durante o show, Mark Mohr convidou todos a fecharem os olhos e decidirem por Jesus, após a declaração de amor que ecôo pelo templo quando os fiéis gritaram em coro: - Jesus me ama!. "Senhor perdoa-me pelos meus pecados. Enche-me com o teu Santo Espírito. Te agradeço por morrer e ressuscitar. Dá-me nova vida, vida abundante. Te amo", orou o pastor Mohr.

Bola de Neve e Christafari

A união dos dois ministérios, Bola de Neve e Christafari, aconteceu no ano passado. Desde então, a parceria tem crescido a viabilizado projetos importantes. Segundo Rinaldo Seixas, o apóstolo Rina, fundador do Bola de Neve, "o Christafari tem muito a ver com o nosso ministério, com o nosso povo, porque a nossa geração gosta muito de reggae. A músicas são distribuídas por todo o Brasil [pelo selo Bola Music], tocando corações, levando a Palavra de Deus e ganhando almas".

A identificação de Rina com a banda californiana aconteceu logo que se converteu a Jesus Cristo, há cerca de 15 anos. "Após eles virem ao Brasil, entraram em contato com a gente por terem gostado da Igreja. Na época eles falaram: - Não acredito, nunca vi uma igreja dessas no mundo inteiro. Foi uma coisa muito gostosa, porque já gostávamos muito deles também".

Novidades da Banda Tribo de Louvor

Em entrevista ao Guia-me , a pastora Denise Seixas, falou sobre o estilo de reggae como forma de adoração a Deus. "O reggae é uma das multiformes graças de Deus. O diabo não cria nada, ele copia. O reggae é para a glória de Deus, para adorá-lo". Líder da banda Tribo de Louvor, a pastora adiantou que o lançamento do DVD, gravado junto com Rodolfo Abrantes no City Bank Hall no ano passado, está previsto para dezembro deste ano. "Foram nove meses para o DVD ficar pronto, o período de uma gestação. Ficou com uma qualidade incrível, pois é algo para o nosso Rei".

Ainda para o final deste ano, a pastora revelou o projeto de um novo CD, gravado ao vivo, com a participação dos membros do Bola de Neve. "O álbum vai contar não só com o reggae music, mas também com o surf music".

veja também