Cineasta cristão, Moisés Menezes, fala exclusivamente ao Guia-me

Cineasta cristão, Moisés Menezes, fala exclusivamente ao Guia-me

Atualizado: Quarta-feira, 25 Maio de 2011 as 4:56

Moisés Menezes era ainda adolescentes quando sonhava em ser diretor de cinema, após dirigir e produzir o curta My Name is Nadia, e o média-metragem, de 35 minutos, O Menino e o Barco , rodado no Chile, enquanto ali morava no campo missionário, o cineasta partiu para algo maior e resolveu gravar seu primeiro longa metragem: Finding Josef

A trama começa em 1979 com um acidente de trem que leva à morte o mais novo de três irmãos. Com o acontecimento, os dois filhos crescem se odiando e a família se desfacela. Responsabilizado pela culpa do acidente, o irmão do meio, Josef Kowalski, vai embora de casa ainda adolescente. Anos depois, o irmão mais velho, Ian, um professor de filosofia ateu, decide sair em busca do irmão, na tentativa de reunir a família. Depois de percorrer a terra natal, ele parte para o Brasil, país dos sonhos de Josef quando criança, para onde ele teria fugido.

Em entrevista exclusiva ao GUIA-ME, o cineasta baiano, radicado na Polônia há três anos, conta detalhes da produção e também comenta sobre a consolidação do cinema cristão. Leia:

Guia-me:  Como você se converteu e de que forma iniciou na carreira cinematográfica?

Minha conversão aconteceu aos quinze anos de idade, mesmo tendo nascido num lar cristão, e o que mais me atraiu foi o amor de Deus que senti pessoalmente em minha vida de adolescente. A paixão pelo cinema existe desde a infância quando sonhava em ser ator e diretor, mas a carreira começou apenas em 2004 quando comecei a estudar cinema e fazer os primeiros trabalhos já no campo missionário. Hoje somos “fazedores de tendas” com o cinema como nossa principal ferramenta de trabalho e meio de sustento. 

Guia-me: O que o motivou para realizar seus dois primeiros curta metragem?

Temos que começar de algum lugar e para um diretor nada melhor do que iniciar sem equipamento e sem recursos, assim aprendemos a fazer de tudo com pouco. A motivação veio da necessidade de fazer algum trabalho com o que tínhamos. 

Guia-me: Nos diga como está sendo a experiência na produção do longa Metragem " Finding Josef "?

Finding Josef é um projeto já em outro nível com muitos desafios. Temos aprendido o que significa amadurecer um roteiro, reunir pacientemente o elenco e muita fé para levantar recursos. Todos os que estão envolvidos no projeto já aprenderam que fazer um filme independente não é fazer um vídeo de fim de semana com os amigos. Os inúmeros adiamentos por falta de recursos tem sido nosso grande teste, mas tem sido o meio que Deus esta usando para nos ensinar e melhorar nosso filme. Temos atraído um elenco bem diversificado de nomes conhecidos, estudantes e atores de teatro. Igualmente alguns profissionais técnicos da área de cinema tem trabalhado com agente por acreditar no filme e o potencial de impacto da nossa história. 

Guia-me: Conte um pouco sobre o roteiro do longa. Qual foi a inspiração para a história de Finding Josef?

Finding Josef conta a historia de Ian Kowalski, um ateu professor de filosofia que vinte e cinco anos depois de um acidente de trem, decide buscar o seu irmão desaparecido. Nesta jornada que se trata de um drama-aventura Ian começa a ver a filosofia de Nietzsche sendo desconstruída e pensar na possibilidade da existência de Deus. 

Guia-me: Como foi a escolha do elenco? São todos voluntários?

O elenco veio através de indicações de atores amigos. Outros que tomaram conhecimento do projeto escreveram manifestando o desejo de participar no filme, no Brasil fizemos teste de atores e na Polônia temos um diretor de elenco que tem feito a seleção entre os profissionais de cinema, televisão e teatro. Alguns são voluntários outros recebem um cachê simbólico. 

Guia-me: Como tem sido a captação de recursos para as gravações? Você conta com o apoio e patrocínio de alguém?

Temos a participação de patrocinadores que são empresários, prefeituras e igrejas. Recebemos a doação de uma casa que esta sendo vendida para terminarmos o projeto. 

Guia-me: Qual foi o maior obstáculo que você enfrentou durante o processo de filmagem e como você superou isso?

Para quem faz o primeiro longa-metragem o maior obstáculo é que ninguém conhece seu trabalho para poder investir com confiança. Graças a Deus que levantou igrejas e pessoas para financiar as primeiras filmagens. Com o trailer das primeiras imagens gravadas na Polônia começamos a ganhar reconhecimento pela cinematografia e então outros patrocinadores estão chegando. 

Guia-me: O filme Finding Josef tem data de estréia marcada?

Ainda não. Esperamos estrear o filme no Brasil no segundo semestre de 2012. 

Guia-me: O que está faltando na indústria do cinema cristão atual?

Tempo para ganhar experiência cinematográfica e fazer filmes que não sejam pregações, fazer dramas e aventuras que apresente explicita ou implícita a mensagem de boas noticias, mas de maneira que cative o público. 

Guia-me: Temos visto, recentemente, um crescimento na quantidade de produção de filmes cristãos de sucesso. Você vê um interesse crescente nessa nova indústria de cinema evangélico?

Tem sido maravilhoso ver o cinema cristão ganhando espaço e o público evangélico. No entanto precisamos também fazer filmes que alcancem outros públicos e ganhe o mercado internacional. Afinal nosso propósito também é levar a mensagem para aqueles que desesperadamente precisam.

Assista ao trailer do filme:

Por Pollyanna Mattos

veja também