Claudia Leitte: "Eu quero ser é porta-voz de Deus"

Claudia Leitte: "Eu quero ser é porta-voz de Deus"

Atualizado: Quinta-feira, 25 Fevereiro de 2010 as 12

A veia religiosa, as comparações a Ivete Sangalo, a briga com um jornalista na Bahia: tudo na vida de Claudia Leitte vira notícia. E, apesar de não se envolver em grandes polêmicas, a cantora sofre com os boatos a seu respeito e a quantidade de mídia negativa que cerca suas atitudes. Na entrevista abaixo, publicada pela Rollings Stone, Claudia fala sobre como é lidar com tanta exposição, incluindo a internet: "Eu aprendi a abstrair também o que é ruim, porque vez ou outra tem um sangue de barata que bota o @claudialeitte para que eu leia que ele me odeia".

Você diz não seguir religião alguma, mas é bastante religiosa. Depois de ficar famosa nenhuma religião se aproximou de você pensando que você poderia divulgá-la?

Sim, com certeza.

E isso te afasta mais da ideia de uma religião organizada?

Sim, porque eu não quero levar ninguém comigo pra religião nenhuma, de jeito nenhum. Eu quero cantar e ser feliz cantando, e dividir a felicidade com as pessoas. Eu acho que Deus não impõe. A moça que trabalhava lá em casa falava pra mim, "ah, meu pastor diz que eu não posso usar brinco". Como uma pessoa pode dizer isso? Que coisa mais ditatorial! Não pode usar brinco por quê? Deus vai olhar para o seu coração, não pro seu corpo. Deus vai estar lá se importando com as roupas que você usa? Quantas pessoas usam uma saia até o pé e são super, hiper promíscuas? Ou então um assassino, que mata uma pessoa e depois diz "oh, meu Deus, meu Senhor" e vai pra igreja orar com a Bíblia? Isso é muito louco: o brinco, a roupa, a religiosidade... Elas não definem o caráter de ninguém.

É difícil imaginar uma porta-voz melhor do que você para uma religião: jovem e casada, tem filho, é famosa, tem sucesso.

Eu quero ser é porta-voz de Deus, o que Deus fala através de mim, o tempo todo. Que eu seja mais Deus do que eu. É isso o que eu quero. O tempo todo eu acho que a gente precisa parar de brigar com a gente mesmo pra gente ser melhor.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também