Clérigo antiapartheid Nico Smith morre aos 81 anos

Clérigo antiapartheid Nico Smith morre aos 81 anos

Atualizado: Segunda-feira, 21 Junho de 2010 as 9:43

O reverendo Nico Smith, um pastor branco que desafiou o regime sul-africano do apartheid ao mudar-se com a mulher para uma comunidade negra na década de 1980 morreu ontem aos 81 anos, informaram as filhas do religioso.

No sábado, Nico Smith desmaiou depois de sofrer um ataque cardíaco quando estava na festa de aniversário de um amigo em Pretória. Ele faleceu antes que pudesse ser socorrido, disse Marita Laubscher, filha mais velha do clérigo.

Na turbulenta década de 80, Smith foi um dos poucos religiosos da Igreja Reformada Neerlandesa na África do Sul - principal seita seguida pela comunidade Africâner, então detentora do poder político - pelo fato de a instituição recusar-se a se opor ativamente ao apartheid. Smith aderiu então ao braço negro da igreja.

De acordo com as filhas do religioso, ele será sepultado na quinta-feira em Pretória, onde Smith e alguns de seus colegas ajudaram a desenvolver uma comunidade religiosa multirracial. As informações são da Associated Press.

veja também