Clínica terapêutica pune pacientes que não seguem regras da igreja

Clínica terapêutica pune pacientes que não seguem regras da igreja

Atualizado: Quarta-feira, 30 Novembro de 2011 as 11:19

Relatório do CFP (Conselho Federal de Psicologia) diz ter apurado que o Lar Cristão, uma entidade terapêutica de dependentes químicos com sede em Cuiabá (MT), suspende a alimentação de paciente que não seguir as regras de conduta da Assembleia de Deus.

O pastor Teodorico Barbosa de Souza, fundador da entidade, disse que a disciplina é rígida, mas o Lar Cristão não comete “o pecado de tirar a alimentação de um ser humano”.

Ele afirmou que a entidade não pertence à Assembleia de Deus, da qual apenas recebe “apoio espiritual”.

"A nossa metodologia é espiritual, e ninguém aqui é obrigado a ser evangélico", disse.  "A pessoa vem em busca de um milagre porque a cura do vício, é preciso admitir, é um milagre."

De acordo com o relatório, elaborado com informações de pacientes e de ex-internos, não há registro ali de maus-tratos físicos. A Comunidade Terapêutica Vida Serena, também do Mato Grosso, em Várzea Grande, é outra entidade criada por um pastor que consta no relatório do Conselho Federal de Psicologia.

Em um método chamado de “aprendizagem rápida”, os pacientes da Vida Serena seriam obrigados a acordar às 4h da madrugada para capinar um terreno por duas horas, sem intervalo para descanso.

O pastor Gilson Alcides Banegas nega essa prática. “Deve ser um engano.”

Via Paulopes Weblog

veja também