Clubão reúne mais de mil desbravadores em Mato Grosso

Clubão reúne mais de mil desbravadores em Mato Grosso

Atualizado: Quarta-feira, 24 Agosto de 2011 as 9:01

Reunir os desbravadores de Cuiabá, Várzea Grande e cidades próximas para treinamentos, gincanas e estudos de diversas especialidades como: estudos em áreas de conhecimentos como nós, histórias cristãs, música, higiene bucal e outros. Esse foi o objetivo de Clubão que reuniu mais de 1 mil desbravadores, no local conhecido como clube do japonês, nos dias 19 a 21 de agosto, em Cuiabá, Mato Grosso.

A abertura da programação, na sexta-feira (19), em Cuiabá se deu com a entrada das bandeiras e o símbolo dos cartões das classes de amigo, companheiro, guia, pioneiro, excursionista e líder. Em todos os dias do encontro, os presentes recitaram lei, lema, alvo, objetivo e propósito, além de cantar o hino dos desbravadores. Com um machado, líderes, regionais e pastores marcaram a abertura do evento.

O encontro contou com a participação especial da cantora Etiene Pires e do pastor Wesley Zucowski, diretor geral do Instituto Adventista Brasil Central (IABC) que trouxe a Palavra de Deus para os meninos e meninas durante os três dias de programa.

No sábado, regionais que trabalham há muitos anos com os desbravadores foram condecorados e pastores receberam bótons de boa conduta. A mensagem espiritual, ministrada pelo pastor Zucowski enfatizou a importância da fidelidade, tendo como personagem central José. Ele delineou toda a trajetória da vida e família do personagem bíblico, lembrando que ele tinha tudo para se tornar um adolescente revoltado e descrente em Deus. “Mesmo tendo sido jogado dentro da cisterna, vendido para o Egito, preso e maltratado José continuou confiando em Deus. Ele decidiu ser o melhor, independente da situação em que vivia e, mais tarde, obteve o reconhecimento da sua fidelidade”, lembrou.

À tarde, a programação sabática incluiu o estudo de especialidades como origami, vida familiar, orientação, música, nós, higiene bucal, primeiros socorros, entre outros. Os desbravadores ainda participaram de uma gincana para testar os conhecimentos bíblicos dos grupos. À noite, todos se envolveram em gincanas e fogo do conselho.

Weliton Barbosa é integrante do clube Zenith e está fazendo o cartão de líder. Ele destaca que o ensino das especialidades foi algo muito proveitoso no clubão. “Uma das especialidades que fiz foi a de primeiros socorros, que podemos utilizar a qualquer momento. É essencial que prestemos atenção na hora de socorrer uma pessoa porque se a pegarmos de qualquer jeito podemos piorar a situação”, explica.

Mas o ponto auge do evento aconteceu no domingo, quando os clubes de desbravadores fizeram especialidades para cumprir metas dos cartões de classes e foram surpreendidos com a presença do Grupamento Águia no acampamento, que voou de helicóptero a poucos centímetros do chão e realizou um rapel de dentro da aeronave.

veja também