Colégio Adventista e prefeitura de Taquara firmam parceria contra o tabagismo

Colégio Adventista e prefeitura de Taquara firmam parceria contra o tabagismo

Atualizado: Terça-feira, 29 Março de 2011 as 10:07

O enfrentamento ao tabagismo é assunto discutido em diversas instituições públicas e privadas do mundo inteiro, mas em algumas das vezes, também é assunto deixado de lado pela impactualidade causada em dependentes químicos.

Esta situação, também é tratada em Taquara, e provoca preocupação dos órgãos competentes, segundo ressalta a diretora geral de saúde, Simone do Amaral, que em encontro, na quinta-feira, dia 17, com o diretor do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (IACS), Irineu Pereira de Souza, apresentou projeto de lei que prevê a proibição do fumo. "Sabemos que o IACS é um incentivador na luta contra as drogas, inclusive ao vício do fumo, por isso pretendemos, formar uma parceria com o Instituto", salienta Simone.

  A diretora geral de Saúde explica que desde 2007 o Ministério da Saúde vem realizando intervenções ao enfrentamento também das drogas lícitas como o álcool e o cigarro. "Esta proibição não será encarada como uma medida simpática, mas temos que fazer alguma coisa, é a nossa obrigação orientar nossos alunos, os seus familiares e toda a comunidade, pois muitas pessoas não sabem o verdadeiro mal que o cigarro faz", alerta. Ela diz que a ideia é promover ações, como cursos, palestras e eventos direcionados a quem quer parar de fumar e, continuar um processo de assistência a estas pessoas, com ajuda médica e psicológica, quando for necessário.

O diretor do IACS menciona que já são realizados cursos pelo Instituto, mas que com a integração da Prefeitura a promoção tende a se ampliar. "Quando há o interesse do órgão público, consequentemente, há mais repercussão dos projetos, atingindo maior número de pessoas e, é isso que todos nós queremos, a conscientização da comunidade ao enfrentamento das drogas. Pode contar com a nossa parceria e não tenha dúvida que será muito positiva", afirma Souza.

  O anteprojeto de lei foi entregue ao diretor Irineu Pereira de Souza para análise e será repassado à Secretaria Municipal de Saúde para os ajustes finais, então será encaminhado à Câmara Municipal de Vereadores. Os próximos passos, após apreciação do Poder Legislativo, de acordo com a diretora Simone, é reunir representantes de estabelecimentos comerciais como casas noturnas, bares, restaurantes, lancherias, entre outros, para explanar os tópicos contidos na lei e promover um grande seminário sobre o consumo de drogas a fim de alertar os malefícios produzidos pelo vício e o que é oferecido ao tratamento das pessoas que desejam parar de fumar.

FOnte: [Magda Rabie, Assessoria de Imprensa de Taquara]

veja também