Colégio participa do projeto Quebrando o Silêncio no sul do Maranhão

Colégio participa do projeto Quebrando o Silêncio no sul do Maranhão

Atualizado: Sexta-feira, 27 Agosto de 2010 as 12:57

Alunos do Colégio Adventista de Imperatriz (Cadi), no Maranhão, realizaram hoje, 27 de agosto, a distribuição da revista Um Mundo de Paz. O impresso contém orientações de prevenção e erradicação da violência doméstica em linguagem própria para as crianças.

Transeuntes e motoristas foram abordados pelos alunos que explicaram o projeto Quebrando o Silêncio. “Criança bem informada se previne”, disse uma transeunte que recebeu a revista.

Durante a semana, a equipe de professores do Cadi envolveu os alunos em atividades de pesquisa sobre o tema “Violência”. Os alunos confeccionaram cartazes, debaterem o tema em sala de aula e desenvolveram a preocupação de informar também à sociedade.

“Dessa maneira conscientizamos nossos alunos e também levamos à população a informação sobre como prevenir e acabar com os atos de abuso”, explica o pastor Márcio Felipe, capelão do colégio. “Através do debate e da leitura da revista, os alunos foram capazes e identificar ‘o que pode e o que não pode’ nos relacionamentos com adultos e outros colegas. A violência pode ser sutil, mas com informação a violência pode ser percebida e denunciada”, completa.

Para Isabel Sousa, aluna do 9º ano e participante do projeto Quebrando o Silêncio, as pesquisas e o contato com a população na distribuição das revistas fez com que ela entendesse melhor o assunto. “Depois de tudo isso, tenho certeza que terei de denunciar qualquer ato de violência”, assegura Isabel.

Erica Nogueira, de 14 anos e também aluna do Cadi, concorda que a violência não deve ser denunciada apenas pela vítima, mas é um problema de todos. “Mesmo quando a violência é contra outra pessoa, uma amiga ou na casa de um vizinho, eu tenho que ter consciência e denunciar”, explica Erica.  

veja também