"Com a literatura aprendi a amar a Bíblia", diz Ricardo Gondim

"Com a literatura aprendi a amar a Bíblia", diz Ricardo Gondim

Atualizado: Quarta-feira, 22 Junho de 2011 as 3:26

Ricardo Gondim escreveu um artigo em homenagem a Fernando Pessoa, um escritor e poeta que nasceu em Lisboa, que completaria 123 anos nesta última segunda-feira.

O poeta Fernando Pessoa, foi um dos principais assuntos comentados no Twitter nesse dia. Ele é considerado um dos maiores poetas da Língua Portuguesa e da Literatura Universal.

Pessoa, como um Cristão gnóstico e simpatizante do ocultismo, deixou obras que refletem os conceitos filosófico-religiosos sincréticos que se mimetizam com o Cristianismo, gostando de desvendar os segredos da natureza e do Universo.

O pastor da Igreja Betesda, Ricardo Gondim, fez recentemente, homenagem ao aniversário do poeta, em seu artigo “Sede de Vida”.

“Devido à nossa sede de viver, sistemas lógicos nos entediam. Rejeitamos moralismos. Bocejamos nas pieguices.

Suspeitamos das ideologias. Tememos demagogias. Rechaçamos totalistarismos. Fugimos da intolerância,” é um trecho do artigo dedicado a Fernando Pessoa.

Ricardo Gondim, é um amante da literatura assim como ele revela em seu artigo intitulado “Um Caso de Amor”: “à medida que amadureço descubro um novo amor: a literatura.

Gondim descreve que sua paixão pela literatura veio através de seu pai e que desde então nunca negligenciou o hábito de ler. “Com a literatura aprendi que posso viajar pelos meandros da alma humana.”

Segundo ele, foi através da literatura que ele aprendeu a amar a Bíblia.

“Com a literatura aprendi a amar a Bíblia,” disse ele, apesar de as Escrituras ter significado antes para ele, um manual de “verdades práticas que deveria saber usar proveitosamente”.

Mas agora, ele confessa que aprendeu a vê-la como “uma coleção de textos em que o Espírito Santo comunica o amor de Deus.”

“A Bíblia é uma carta amorosa de Deus”.  

veja também