Com o lema "Pela Família e Pelo Brasil", 22ª Marcha para Jesus leva multidão às ruas de Fortaleza

O evento conta com a Ordem do Ministros Evangélicos do Ceará (ORMECE) e é apontado pelo presidente da Ordem, pastor Francisco Paixão como uma das manifestações da unidade entre igrejas de diversas denominações evangélicas.

Fonte: Guiame, com informações do Diario do NordesteAtualizado: domingo, 23 de agosto de 2015 19:58

Na tarde do último sábado (22), cerca de 70 mil pessoas saíram às ruas de Fortaleza (CE) para participar da 22ª Marcha para Jesus, na capital cearense, ressaltando nesta edição, a relevância dos valores da Família para a formação de uma sociedade saudável e solidária.

A multidão se encontrou nas proximidades do Centro Cultural Dragão do Mar e caminhou em direção ao Aterro da Praia de Iracema, acompanhada por três trios elétricos. O percurso de cerca de dois quilômetros teve duas paradas para momentos de oração e reflexão.

Chegando ao ponto final da caminhada as dezenas de milhares de pessoas que marcharam, puderam curtir momentos de bastante louvor, com a participação do Pr. Antônio Cirilo (Santa Geração), Cid Guerreiro, Carlos Rilmar, Banda Ágape e a pregação do pastor José Teixeira Neto.


Unidade

O evento conta com a Ordem do Ministros Evangélicos do Ceará (ORMECE) e é apontado pelo presidente da Ordem, pastor Francisco Paixão como uma das manifestações da unidade entre igrejas de diversas denominações evangélicas - realidade já corrente na ORMECE.

"Nestes últimos dias, a Igreja tem se juntado mais. Há uma busca pela unidade, principalmente a unidade pastoral. Isto também faz com o que os fiéis se aproximem, os grandes eventos aconteçam e a igreja mostre sua cara, fora das quatro paredes", destacou.

O ministro também explicou que é um ponto positivo que a Igreja se apresente à sociedade como um grupo unido por uma declaração de fé, baseada nas Escrituras.

"Isso tem sido muito bom. Isso facilita para que a comunidade evangélica possa se apresentar à sociedade, com seus valores éticos, cívicos, morais, porque a Palavra de Deus nos dá um comando a seguir", disse.


Família
O líder da Ordem de Ministros também destacou a necessidade de os direitos da FamílFa sejam preservados.

"A Bíblia foca muito a situação da Família. A preservação dos valores, a moralidade o respeito dos filhos aos pais. A inclinação dos corações para manter esta unidade, porque a Família é a célula maior da sociedade. Quando a Família não vai bem, a sociedade também não vai bem", disse.

"Nós temos visto que os valores da Família estão desgastados nesta sociedade pós-moderna. A gente traz um lema da preservação da Família à maneira que a Bíblia requer que seja".

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições