Como ato de fé, donos de franquia Chick-fil-A colocam Bíblia na fundação do prédio

O casal David e Holley Snow quiseram honrar a Deus no novo restaurante de uma das maiores redes de fast-food nos EUA.

Fonte: Guiame, com informações do The Christian Post Atualizado: segunda-feira, 31 de janeiro de 2022 17:08
A Chick-fil-A, umas das maiores redes de fast food nos EUA, é conhecida por sua cultura cristã. (Foto: Facebook/Chick-fil-A Marshall).
A Chick-fil-A, umas das maiores redes de fast food nos EUA, é conhecida por sua cultura cristã. (Foto: Facebook/Chick-fil-A Marshall).

Os donos da nova franquia da Chick-fil- A, uma das maiores redes de fast-food americanas, na cidade de Marshall, no Texas, colocaram uma Bíblia aberta na fundação do prédio, como um ato de fé. 

O casal David e Holley Snow, proprietários do primeiro drive-thru da rede na cidade, explicaram que queriam fazer algo para honrar a Deus, antes que o concreto fosse derramado durante a construção do restaurante, que será inaugurado nos próximos meses.

“Quando o primeiro concreto foi despejado no local, era importante para nós que uma Bíblia fosse colocada na fundação do Chick-fil-A Marshall. Abrimos a Bíblia em Josué 1:9, um versículo adotado pela rede e sua família durante todos os seus esforços”, afirmava um post da franquia no Facebook.

O ato simbólico de enterrar a Bíblia na fundação do novo restaurante foi realizado pelo filho de 4 anos dos donos, Montgomery, enquanto os pais estavam no hospital com sua irmã Wynter, que nasceu no ano passado e foi diagnosticada com Síndrome de Down. 


O casal David e Holley Snow, proprietários do Chick-fil-A Marshall. (Foto: Facebook/Chick-fil-A Marshall).

A Chick-fil-A, a maior rede da sua especialidade nos Estados Unidos, é conhecida por sua cultura cristã. A rede, fundada em 1946 pelos cristãos S. Truett Cathy e sua esposa Jeannette, têm a política de fechar aos domingos para cumprir o mandamento bíblico de tirar um dia de descanso para honrar a Deus.

Jeannette teve grande influência no sucesso da rede de fast-food e na adoção de princípios cristãos na administração da empresa. “Minha mãe era uma guerreira de oração. Uma grande parte da nossa cultura no Chick-fil-A é orar uns pelos outros, e essa é a influência da minha mãe que permeou a cultura do restaurante”, relatou Trudy Cathy White, filha dos fundadores.

“Ela, como meu pai, acreditava que boas práticas de negócios são resultado de bons princípios bíblicos, e podemos aplicar esses princípios às práticas que temos nos negócios. Ela acreditava que Deus realmente tem a fórmula para o sucesso na vida”.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições