Confissões de pecados pelo telefone causa polêmica na França

Confissões de pecados pelo telefone causa polêmica na França

Atualizado: Sexta-feira, 5 Março de 2010 as 12

O serviço telefônico automático ''Phoneline to the Lord'' (Linha direta com o Senhor) está causando polêmica na França. Ele recebe as confissões dos pecadores católicos de Paris muito ocupados para ir à igreja por uma tarifa de 30 centavos de euro o minuto.

De acordo com o site inglês Daily Mail, quando o número é discado, uma voz masculina recomenda ''Para conselhos, tecle 1. Para se confessar, disque 2. Para ouvir algumas confissões, tecle 3''.

Mas a voz, com o som suave de um órgão ao fundo, também alerta: ''Em caso de pecado sério ou mortal que o afaste de Cristo ou de Deus, é necessário procurar um padre''.

O serviço começou a funcionar com a Quaresma e é mantido pela empresa de mensagens Aabas. Sua criadora, que se identificou apenas como Camille, disse à gência AFP que tem recebido ameaças furiosas de católicos, mas se justificou que a ideia é a confissão apenas de pecados menores, que não são capitais, ''diretamente a Deus''. ''Quem liga não fala com uma pessoa, mas pode confessar seus pecados e ouvir as orações ou pecados de outras pessoas em uma atmosfera de piedade e reflexão''. De acordo com ela, a ''linha com Deus'' recebeu cerca de 300 ligações na primeira semana.

Em um comunicado enviado ao Daily Mail, a Conferência dos Bispos Católicos Franceses afirmou que o serviço não tem a aprovação da Igreja.

veja também