Congresso adventista incentiva o compartilhamento da Bíblia

Congresso adventista incentiva o compartilhamento da Bíblia

Atualizado: Terça-feira, 8 Fevereiro de 2011 as 2:20

Os membros da Igreja Adventista na região central do Paraná estiveram reunidos no último sábado, em Curitiba, e em Ponta Grossa, no domingo, no Congresso da Esperança, evento que orientou os participantes a respeito do programa que será realizado em toda a América do Sul durante a Semana Santa, em Abril.  

No sábado, aproximadamente 2.300 pessoas lotaram o auditório do Colégio Curitibano Adventista Bom Retiro. A primeira parte da reunião contou com as participações do pastor Fernando Iglesias, apresentador do programa Está Escrito e orador de A voz da Profecia, e do quarteto Arautos do Rei. Iglesias chamou a atenção para a necessidade do estudo da Bíblia e da importância em compartilhá-la com outras pessoas.

Destacou ainda que o homem está cada vez mais surdo e cego espiritualmente, e que precisa buscar mais a Deus. "O que Ele mais espera é que sejamos o Seu povo, mas para isso precisamos querer, precisamos aceitar", enfatiza. "O pastor está chamando suas ovelhas e estamos parados no lugar."

Na segunda parte, baseados nas palavras de Iglesias, os líderes da Igreja reforçaram o propósito de que cada membro convide pelo menos um amigo para participar do projeto Amigos da Esperança, que acontece em 16 de Abril nos templos Adventistas em toda a América do Sul. O passo seguinte é incentivá-lo a ir ao programa da Semana Santa, que tem início no dia 17 de Abril.

Assumindo compromissos - Também foi lançado um desafio de que cada participante estabeleça como meta estudar a Bíblia com 10 pessoas durante o ano, contribuindo para que elas decidam seguir a Jesus publicamente por meio do batismo. O alvo, no entanto, não é impossível de ser alcançado, assegura Benjamin de Brito, diretor da Igreja Adventista que ajudou a fundar na Vila Bancária, no Campo Largo.

"Esses treinamentos só nos ajudam. Tenho experiências de ter levado oito pessoas ao batismo em um Pequeno Grupo. Para alcançar o alvo, são apenas mais dois. Os treinamentos são um estímulo", analisa. Brito ensina a Bíblia há 25 anos e anualmente vê pelo menos uma pessoa se unir à Igreja.

No domingo, em Ponta Grossa, diversas pessoas de outras denominações religiosas estiveram no auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná para assistirem ao pastor Iglesias e o quarteto Arautos do Rei. Dentre eles estavam também Daniel Gehrke e outros três amigos. Eles são membros da Assembléia de Deus e há cerca de um ano formaram um quarteto, o Asaf, cujas músicas são todas dos Arautos.

Sabendo da presença do quarteto na cidade, eles fizeram de tudo para não perderem a oportunidade de ouvi-los. "Além de louvar juntos, é um upgrade no nosso trabalho. Enfrentamos dificuldades e ver um quarteto com 49 anos de estrada é uma inspiração. É um louvor que agrada o coração", compartilha Gehrke.

Avaliando as reuniões, o pastor Lourival Gomes, presidente da Igreja Adventista para a região central do Estado, acredita que elas tiveram um papel importante de incentivo aos membros. E detecta. "O maior desafio da Igreja Adventista é torná-lo um discípulo. Esse é o principal objetivo do encontro. É o primeiro passo para criar uma cultura que o estimule a levar outras pessoas a Cristo anualmente", diagnostica. "Estou maravilhado com a resposta deles."

Durante o programa, quatro pessoas demonstraram publicamente seu desejo de seguir os ensinamentos de Jesus e foram batizadas. No próximo final de semana, o Congresso acontece em Telêmaco Borba, no sábado, e em Guarapuava, no domingo, ambos com a presença do cantor Luís Cláudio.

veja também