Conheça o trabalho da Sociedade Bíblica da Índia

Conheça o trabalho da Sociedade Bíblica da Índia

Atualizado: Quarta-feira, 2 Fevereiro de 2011 as 12:29

Nesta edição, a seção Calendário de Oração destaca o trabalho da Sociedade Bíblica da Índia (SBI), a segunda nação mais populosa do mundo. Neste país asiático, onde a religião predominante é o hinduísmo, seguida do islamismo, poucos sabem que a obra bíblica lá existe e já completou 200 anos.

O bicentenário indiano pela Causa da Bíblia foi celebrado ao longo de 2010 e será encerrado com um grande evento e culto, em fevereiro deste ano, na cidade de Guntur, no estado de Andhra Pradesh. Cerca de 200 mil pessoas são esperadas na festividade.

“Vivemos um tempo de celebração e testemunho de fé sobre a fidelidade de Deus e seu poder de transformar a vida das pessoas em nosso país nestes 200 anos”, analisa o secretário-geral da SBI, Bidyut Pramanik.

“Estamos bastante satisfeitos quando recordamos que a Sociedade Bíblica da Índia tem, ao longo desses anos, ampliado o

alcance da Palavra de Deus para tocar mais e mais vidas em nossa terra. A qualidade e progresso desse trabalho são bastante mensuráveis e palpáveis”, complementa.

Embora apenas 3,5% dos 1,2 bilhão de indianos se declarem abertamente cristãos, a Bíblia Sagrada continua a ter significativo impacto na vida dos não cristãos. Naquele país, a perseguição ao cristianismo pelas religiões fundamentalistas existentes é bastante comum. “Por meio do ministério da Palavra de Deus, buscamos maximizar nossa missão e esforço evangelísticos para tornar o país mais vasto e diversificado de pessoas que creem na Bíblia. Mas precisamos de mais suporte em material e recursos humanos”, pondera Pramanik.

Para difundir o Livro Sagrado em regiões e povoados ainda não alcançados, a Sociedade Bíblia da Índia tem atuado na tradução e distribuição bíblica para diferentes segmentos da população, especialmente os jovens. “A juventude e as crianças buscarão evocar a Palavra de Deus para tocar todos os aspectos da vida e experiência humanas”, acredita.

Muitos dos projetos da organização têm caráter social. As publicações bíblicas concebidas beneficiam diretamente crianças órfãs, mulheres viúvas e que sofreram abuso, além de pessoas com deficiência e que não sabem ler. “Como 25% da população mundial cega vive na Índia, esperamos aumentar a oferta de Bíblias em braile e áudio para esse público”, planeja o secretário-geral.

Além disso, a SBI continuará a tradução e produção de Escrituras e literatura bíblica infantil para línguas tribais remotas. Edições bilíngues e acadêmicas da Bíblia também estão nos planos futuros. “Pedimos a todo mundo que continue apoiando nossos 200 anos de trabalho em seus pensamentos e orações”, pede Pramanik.  

veja também