Conselho de Ação Social Presbiteriano visita região Serrana do RJ

Conselho de Ação Social Presbiteriano visita região Serrana do RJ

Atualizado: Segunda-feira, 24 Janeiro de 2011 as 9:48

Nos dias 19 e 20 de Janeiro Presbítero Clineu Francisco, presidente do Conselho de Ação Social (CAS) da IPB, esteve na região Serrana do Rio de Janeiro, visitando as áreas atingidas pelas chuvas, levando consolo e ajuda aos irmãos de igrejas presbiterianas.

Em  Magé, Presb. Clineu encontrou com o Presidente do Presbitério Magé, Rev. Carlos Augusto que acompanhou nas visitas à Teresópolis e Nova Friburgo. “A finalidade da visita foi  levar nossa solidariedade, uma palavra de consolo e esperança, em nome da IPB, aos nossos irmãos e amigos bem como verificar "in loco" a situação das cidades”, explica Presb. Clineu.

Além desse apoio pessoal, Presb. Clineu explica que foi importante essa visita para delinear auniformidade na logística de distribuição de donativos e a aplicação dos recursos recebidos em dinheiro. “Em Teresópolis nos reunimos com o Rev. Roberto Pereira, pastor da Igreja de Teresópolis, juntamente com outros pastores da localidade, além de membros da Comissão Executiva do Presbitério, formando, então, um grupo gestor para atuar na coordenação da situação. Da mesma forma foi feito em Nova Friburgo onde nos reunimos com o Rev. Adelino, pastor da Igreja de Olaria e Rev. Luiz Gustavo, pastor da Igreja Central de Nova Friburgo, onde tem um grupo gestor para coordenar os trabalhos.

 A visita, na avaliação do Presb. Clineu, foi muito importante para envolvimento e momentos de contrição com os irmãos daquela cidade. “Compartilhamos momentos de tristeza, por causa dos relatos dos acontecimentos, porém tivemos momentos de alegria, esperança e confiança, porque sabemos que o nosso Deus está no controle de tudo”.

A mídia tem falado muito sobre a solidariedade e que em momentos de catástrofe são marcas no ser humano. No corpo de Cristo essa solidariedade é presente e nesses períodos ela também é ressaltada. “Haviam muitos voluntários, irmãos nossos se dispondo a ajudar e cooperar, para que todos tenham um dia melhor no amanhã”, compartilha Presb. Clineu.

Muitas doações foram recebidas nas igrejas locais e muito ainda é preciso ser feito para ajudar essas pessoas que perderam tudo, e muitas delas ainda estão em abrigos. Em nome do CAS, Presb. Clineu ressalta que é importante manter as contribuições e unir forças em oração.  

veja também