Conselho de Igrejas Cristãs de Angola afasta congregação dos "Dez Apóstolos"

Conselho de Igrejas Cristãs de Angola afasta congregação dos "Dez Apóstolos"

Atualizado: Quinta-feira, 24 Junho de 2010 as 9:45

O Conselho de Igrejas Cristãs de Angola (CICA) afastou como membro da instituição a igreja dos "Dez Apóstolos", até então liderada pelo reverendo Ferreira Paulo, soube o nosso jornal.

A decisão foi tomada na última assembleia-geral do Conselho de Igrejas Cristãs de Angola, realizada há dias em Luanda, sob o tema "O CICA que queremos ser em tempos trabalhosos". O afastamento da Igreja dos "Dez Apóstolos", segundo o CICA, deve-se ao fato de esta comunidade, em obediência à ordem do seu fundador, Dizolele Mpungu, ter renunciado há um ano, publicamente, a Cristo como pedra basilar da sua doutrina religiosa, "a ponto de considerar Jesus como 'profeta menor' sem grande expressão".

Nesta sequência, alguns fiéis, incluindo pastores, "abraçaram logo o súbito capricho do fundador", ao passo que "uns mais sensatos entraram em outras igrejas cristãs do seu gosto", disse uma fonte ao Jornal de Angola. Outros ainda recorreram ao CICA para se aconselharem.

O reverendo Dizolele Mpungu reside na República do Congo Democrático (RDC), mais precisamente em Kinshasa, onde funciona a sede universal da igreja "Doze Apóstolos", fundada a 8 de Março de 1955, no então Congo Belga.

Em Angola, foi reconhecida no dia 12 de Junho de 1992 e está implantada em sete províncias.

veja também