Conselho de Segurança da ONU condena ataque a cristãos no Iraque

Conselho de Segurança da ONU condena ataque a cristãos no Iraque

Atualizado: Sexta-feira, 12 Novembro de 2010 as 7:05

O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) expressou apoio ao povo e ao governo iraquianos em comunicado.

O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) disse estar chocado com os últimos ataques terroristas contra cristãos no Iraque, classificando-os como um ataque à democracia e à diversidade religiosa.

O conselho de 15 membros expressou apoio ao povo e ao governo iraquianos em comunicado. O grupo afirmou acreditar que os país irá rejeitar os esforços dos extremistas de espalhar violência sectária. "Nenhum ataque terrorista pode reverter um caminho em direção à paz, à democracia e à reconstrução do Iraque."

Uma série de ataques a bomba coordenados aconteceram em bairros predominantemente cristãos no Iraque mais cedo nesta quarta-feira. Ao menos cinco pessoas morreram.

Há menos de duas semanas, insurgentes tomaram uma igreja cristã e mataram 68 pessoas, num ataque que atraiu críticas internacionais.

Um grupo ligado à Al Qaeda assumiu a autoria pelo ataque à igreja.

O Conselho de Segurança condenou "todos os atos de violência, particularmente aqueles motivados por ódio religioso" e pediu aos países para trabalharem juntos "para trazer à justiça os perpetradores, organizadores, financiadores e patrocinadores desses atos repreensíveis de terrorismo".

veja também